site loader
18 de maio de 2022 Trânsito de carros é liberado na Serra do Rio do Rastro

Trânsito de carros é liberado na Serra do Rio do Rastro

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) liberou na manhã desta quarta-feira, dia 18,o tráfego de veículos na Serra do Rio do Rastro (SC-390), em Lauro Müller. Entretanto, caminhões baús e caminhões sider não poderão trafegar pela rodovia. 

Em razão dos fortes ventos, a Serra do Rio do Rastro foi interditada na noite dessa terça-feira. De acordo com a polícia rodoviária, a estação meteorológica da PMRv registrou ventos de 157 km/h na região e as rajadas de vento fizeram um caminhão tombar na serra catarinense

Fonte: Engeplus

18 de maio de 2022 Crimes sexuais contra crianças ainda são desafios

Crimes sexuais contra crianças ainda são desafios

Hoje, 18 de maio, é lembrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A prefeitura de Tubarão estima que cerca de 60 famílias são atendidas atualmente pelo Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) por suspeita de casos de abuso sexual.  

Ainda segundo a prefeitura, apenas no último ano, 40 crianças deram entrada na unidade por causa deste problema. “Muitos casos não são denunciados, então, acreditamos que existam mais no município”, comenta Cris Maciel, coordenadora do Creas.

Os crimes desse tipo ainda chamam a atenção da população e também das autoridades. Somente no ano passado, foram instaurados 23 inquéritos policias de casos de estupro de vulnerável na Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami) da cidade.

Esses 23 casos estão relacionados ao artigo 217 do Código Penal: ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos. A delegada titular da Dpcami de Tubarão, Jucines Ferreira, alerta sobre a importância das denúncias e de acreditar nas crianças que relatam situações que envolvem o tema.

“A denúncia se faz imprescindível para dar voz e importância à fala dessa vítima. Que muitas vezes, quando tolhida, perde sua autonomia e liberdade, inclusive importância”, reforça a delegada. Segundo a polícia, quem pratica esse tipo de violência costuma, na maioria das vezes, estar no convívio da criança e do adolescente. “Em Tubarão, os casos que chegam até a delegacia são quase que maciçamente propiciados por vínculos familiares, como pais, padrastos, tios ou avós, por exemplo”, ressalta Jucines.

As penas previstas são de oito a 15 anos de prisão. Uma das formas de prevenir esses crimes, de acordo com a delegada, está no uso supervisionado de aparelhos eletrônicos. “Os pais podem prevenir condutas de aliciamento com o uso mais cauteloso e supervisionado de aparelhos celulares e eletroeletrônicos, isso nos meios virtuais. Quanto ao contato pessoal, deve-se respeitar a criança e a vontade dela, em não forçar beijos e abraços, e até carícias. Muitas vezes, a criança se sente constrangida e forcada a manter contato até com familiares, porque não tem sua liberdade de anuência respeitada. Acaba sendo imposta a ela a obrigatoriedade de atender a expectativa de adultos, deixando a vontade dela à margem. E dar a ela essa autonomia permite que a criança entenda que a vontade dela deva ser respeitada. Isso evita e instiga a autonomia das crianças quando expostas a condutas de abuso sexual”, aponta Jucines.

A prefeitura de Capivari de Baixo informou que, de janeiro a abril deste ano, houve nove vítimas, todas do sexo feminino, que sofreram algum tipo de abuso na cidade. Os dados de 2021 apontam 15 ocorrências contra meninas e quatro situações de exploração contra meninos.

Atenção aos sinais

A família também deve ficar atenta aos sinais dados pelas crianças e adolescentes vítimas de abuso. “As crianças e adolescentes sempre dão sinais. Seja de condutas reproduzidas a partir dos abusos sexuais sofridos, como o toque das partes íntimas, ou ainda condutas invisíveis, como estar mais introspectiva, avessa a contato com o abusador ou outra pessoa com que ele se assemelhe. Tem ainda a depressão e automutilação”, explica a delegada. Denúncias sobre casos de abusos devem ser feitas pelos números de telefone 100, 191, 190, ou diretamente na delegacia. Em Tubarão, a Dpcami fica na rua Altamiro Guimarães, 864.

A Fundação Municipal de Desenvolvimento Social de Tubarão realizará nesta quarta algumas atividades alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Haverá a entrega de uma cartilha especial às professoras da rede municipal de ensino, com o objetivo de que o tema seja trabalhado em sala de aula com os alunos. Também ocorrerá um ciclo de palestras para os grupos de famílias atendidas pelas unidades do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) e do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas).

Fonte: Diário do Sul

18 de maio de 2022 PMRv registra ventos de 157 km/h; caminhão tombou ao lado do posto policial

PMRv registra ventos de 157 km/h; caminhão tombou ao lado do posto policial

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Bom Jardim da Serra registrou o momento em que rajadas de vento fizeram um caminhão tombar na serra catarinense. O registro aconteceu no posto da PMRv do Mirante pouco depois da meia-noite desta quarta-feira, dia 18. O motorista havia parado no local para aguardar uma melhora no tempo.

Em razão dos fortes ventos, a Serra do Rio do Rastro foi interditada até que as condições climáticas se tornem mais favoráveis ao tráfego de veículos. De acordo com a polícia rodoviária, a estação meteorológica da PMRv registrou ventos de 157 km/h na região.

Fonte: Engeplus

17 de maio de 2022 Secretaria de Obras de São Ludgero conclui colocação de pedra na lateral de ponte próxima a sede da Cegero

Secretaria de Obras de São Ludgero conclui colocação de pedra na lateral de ponte próxima a sede da Cegero

As águas fortes e intensas que deixaram submersa a ponte localizada próxima a Sede Administrativa da Cooperativa de Eletricidade de São Ludgero (Cegero), gerou desmoronamento na lateral que passa a adutora dágua do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae). Diante disso, a equipe da Secretaria de Obras, Viação e Urbanismo de São Ludgero construiu um enrocamento de pedra, considerada uma ação preventiva de reforço à ponte e adutora.      Todo o trabalho realizado pela equipe da Secretaria de Obras, Viação e Urbanismo de São Ludgero teve o acompanhamento da equipe do Samae. O acabamento, que envolve a pista e calha, ainda será realizado.

O Secretário de Obras, Viação e Urbanismo, Afonso Boeing, diz que os trabalhos de recuperações seguem e que problemas ocasionados pelas fortes e intensas chuvas ainda estão surgindo em vários pontos do município, especialmente em estradas e laterais do rio Braço do Norte. “Estamos recuperando os principais pontos e realizando trabalhos paralelamente”, pontua o secretário.

17 de maio de 2022 Empresário Luís Carlos Crescêncio morre após iniciar transplante capilar

Empresário Luís Carlos Crescêncio morre após iniciar transplante capilar

Os familiares de Luís Carlos Crescêncio, de Tubarão, confirmaram a morte do empresário no final da manhã desta terça-feira (17).

Conhecido como “Luisinho do Seguro”, ele realizaria um procedimento de transplante capilar no sábado (14) numa clínica estética da cidade e sofreu uma parada cardiorrespiratória, durante a aplicação da anestesia. 

Foi levado para internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Nossa Senhora da Conceição em estado gravíssimo, uma vez que a clínica não é preparada para casos similares. No domingo (15), foi diagnosticado morte cerebral. O protocolo foi concluído nesta terça.

Fonte: Sul Agora

17 de maio de 2022 Dupla é condenada por peculato após aplicar golpe de R$ 58 milhões em banco de Tubarão

Dupla é condenada por peculato após aplicar golpe de R$ 58 milhões em banco de Tubarão

O juízo da 2ª Vara Criminal da comarca de Tubarão condenou dois homens por terem promovido uma operação bancária fraudulenta para se apropriarem de quase R$ 58 milhões. Um dos réus, que era caixa da instituição financeira, teria efetuado uma simulação de depósito em conta e, após um determinado período de tempo, efetuou o estorno. Porém, os valores já teriam sido distribuídos para diversas contas bancárias, de onde seriam imediatamente sacados.

A operação fraudulenta só não foi totalmente efetivada pela rápida constatação da irregularidade e acionamento do setor de segurança do banco, que conseguiu bloquear a maior parte dos valores. Mesmo assim, foi registrado um prejuízo à instituição financeira de quase R$ 60 mil. O crime aconteceu em outubro de 2011.

O segundo réu, juntamente com outros indivíduos, era integrante do esquema ilícito e foi intermediador entre os valores transferidos para a conta que receberia os valores indevidamente apropriados, assim como responsável por transferi-los aos demais integrantes da associação em outros estados brasileiros.

​Os dois homens foram condenados por peculato a dois anos e oito meses de reclusão, em regime aberto. As penas restritivas de liberdade foram substituídas por duas restritivas de direitos, consistente na prestação de serviços à comunidade em entidade beneficente, à razão de uma hora de tarefa por dia de condenação, além de multa no valor de 10 salários mínimos vigentes à data do fato. Os réus foram condenados, solidariamente, ao pagamento de reparação aos prejuízos sofridos pela sociedade de economia mista no importe de R$ 59.348,06. Cabe recurso da decisão ao TJSC.

Fonte: Engeplus

Open chat
Entre em contato conosco! =)