site loader
20 de novembro de 2020 Suspeitos por roubo de malote são detidos em Lauro Müller

Suspeitos por roubo de malote são detidos em Lauro Müller

Dois homens foram presos em Lauro Müller suspeitos de terem participado do roubo a um malote, com R$ 55 mil, na última quarta-feira, em Orleans. O funcionário de um posto de combustível foi alvo do crime enquanto se deslocava até uma agência bancária para depositar o valor.

Segundo o delegado Ulisses Gabriel, ambos os suspeitos já têm antecedentes criminais. Um terceiro envolvido no roubo também foi identificado e a polícia já pediu à Justiça pela prisão preventiva dele. Ainda de acordo com o delegado, esse terceiro homem seria o autor e quem idealizou o crime.

Durante a prisão dos dois suspeitos, a polícia recuperou cerca de R$ 9 mil. Com eles, também foram apreendidos cocaína, crack e maconha. O carro usado pelo trio no assalto também foi apreendido. “As investigações continuam, já que existe a suspeita de participação de algum funcionário do posto.

Os detidos informaram que sabiam informações de quando o depósito seria feito e quais dias os valores eram mais altos”, explica o delegado.

Fonte: Diário do Sul

20 de novembro de 2020 Confira as regras à região com risco gravíssimo

Confira as regras à região com risco gravíssimo

Classificada no nível gravíssimo para o contágio de coronavírus, a Amurel terá que seguir algumas determinações estipuladas pelo Estado de acordo com cada classificação.

Com quase 23 mil casos confirmados desde o início da pandemia e leitos de UTI praticamente lotados, segundo as regras para o nível gravíssimo, atividades em cinemas, teatros, casas noturnas, museus, assim como eventos, shows e espetáculos, estão suspensas e aulas presenciais estão proibidas.

Shoppings, centros comerciais e galerias têm limite de 50% na capacidade; hotéis, pousadas e albergues têm limite de 30% na capacidade. Academias de ginástica só podem funcionar com 30% da capacidade, assim como templos religiosos têm capacidade limitada a 30%.

A concentração e permanência de pessoas em espaços públicos de uso coletivo, como parques, praias e praças estão proibidas, com exceção da prática de esportes individuais. Eventos sociais, como casamentos, aniversários, jantares, confraternizações, bodas, formaturas, batizados e festas infantis, estão proibidos, bem como palestras, seminários, conferências, feiras e exposições. Parques aquáticos e complexos de águas termais estão proibidos de funcionar. A prova de roupas em lojas de vestuário permanecem liberadas.

Fonte: Diário do Sul

19 de novembro de 2020 Pior momento da pandemia em SC deve ocorrer ao fim do ano

Pior momento da pandemia em SC deve ocorrer ao fim do ano

Segundo infectologista, caso nada seja feito, número de novas internações e mortes deve aumentar até o final do ano. SC registrou recorde de casos ativos nesta semana

Caso nada seja feito, corremos risco de ver o pior momento da pandemia de Covid-19 em Santa Catarina durante as festas de fim de ano, segundo o infectologista Luiz Henrique Mello, coordenador do Centro de Triagem de Joinville, no Norte do Estado.

Nessa terça-feira (17), o cenário da pandemia se agravou e o número de casos ativos registrados em um único dia foi de 5.178. O maior notificado em 24h desde março, quando foram identificados os primeiros infectados em Santa Catarina.

Ao longo de outubro, o número de infectados em fase de transmissão do vírus atingiu patamar próximo ao registrado em julho, quando houve um pico da doença. Já em novembro, a quantidade de contaminados do auge da pandemia foi ultrapassada.

O agravamento é perceptível no Centro de Triagem de Joinville, segundo o infectologista. Se no início de outubro eram cerca de 30 a 40 moradores de Joinville procurando fazer o teste, nesta quarta-feira o número chegou a 250 – número semelhante ao registrado no final de abril e maio. E

“Em cerca de doze dias, no final de novembro, veremos o reflexo dessa explosão na ocupação das UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). Já em um mês, em meados de dezembro, o reflexo aparecerá no aumento de mortes”.

A alta nos casos acontece em todas as regiões do Estado como mostrou a atualização da matriz de risco potencial divulgada nesta quarta-feira (18). A classificação, que considera quatro itens, revela que o grande número de casos dificulta ação de vigilância e monitoramento de contatos.

Das 15 regiões, 12 estão com a transmissibilidade em nível gravíssimo — Oeste, Xanxerê, Alto Uruguai, Meio Oeste, Alto Vale do Rio Peixe, Serra, Carbonífera, Extremo Sul, Alto Vale do Itajaí, Médio Vale do Itajaí, Nordeste, Foz do Rio Itajaí e Laguna.

Apenas a Grande Florianópolis, o Extremo Oeste e o Planalto Norte estão classificadas em nível grave, segundo mais alto da matriz.

Pandemia não acabou

Para o infectologista, a explosão de casos ocorre, pois, as pessoas acreditam que a fase grave da pandemia já passou. As flexibilizações, motivadas para minimizar impacto econômico, induziram uma interpretação errada dos fatos.

“Ficou a impressão de que a quarentena foi precoce. Chegamos próximo ao colapso em julho, mas conseguimos manter devido ao primeiro lockdown que permitira prepararmos o sistema hospitalar” afirma. “Mas a flexibilização não significa que a pandemia acabou”.

Ao achar que o pior já passou, as pessoas voltaram à vida normal, mesmo com os níveis de transmissão piorando. Registros de aglomerações em praiasgente sem máscara e mesmo o descumprimento dos protocolos por estabelecimentos comerciais passaram a ser cada vez mais frequentes.

Feriados

Aglomeração na Praia do Rosa, em Imbituba, no feriadão de 12 de outubro – Foto: Divulgação/ND

As datas inspiram festas e confraternizações, que aceleram a transmissão. Uma pessoa com Covid-19 contamina uma média de outras pessoas, alerta o infectologista. Com a chegada do verão e das festas de fim, as perspectivas se tornam ainda mais pessimistas. “É fácil a relação dos feriados e do contágio” afirma Mello.

“Na Europa ocorreu a mesma coisa. As pessoas também acharam que o pior tinha passado. Após o verão e o fim das férias, vemos uma situação bem pior” afirma Mello. “Não adianta fazermos recomendações e as pessoas não seguirem”.

Recorde de casos

O aumento no número de casos ativos no Estado vem se intensificando desde o dia 10 de outubro. De acordo com o mais recente boletim do NECAT (Núcleo de Estudos de Economia Catarinense), vinculado à UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), na data o número de infectados em fase ativa era de 8.210. Em 20 de julho, pico da pandemia em Santa Catarina, eram 8.659.

Já em 24 de outubro o número de casos ativos já havia atingido o mesmo patamar registrado em 10 de agosto, quando a tendência de evolução da pandemia se encontrava em sentido contrário ao atual.

O gráfico a seguir foi extraído do boletim do Necat e apresenta o número de casos ativos em diversas datas. Os dados são da SES.

Ao final de outubro os casos ativos estavam no mesmo patamar registrado no pico da pandemia no Estado. No dia 29 daquele mês, foram registrados 12.027 enquanto em 31 de julho o total era de 12.370.

Já na segunda semana de novembro o número de casos ativos bateu recorde estadual. Segundo o NECAT, em nenhum dia o estado tinha apresentado mais de 13 mil pessoas contaminadas em estado ativo. Essa marca foi ultrapassada no dia 5 deste mês.

Até terça-feira (17), um novo recorde foi estabelecido. Segundo dados da SES (Secretaria de Estado da Saúde), 19.164 pessoas estão com o vírus ativo. No total, foram confirmados 302.578 casos e 3.370 morte em razão da Covid-19 em Santa Catarina.

Fonte: ND+

19 de novembro de 2020 Prazo final para inscrição referente a projetos culturais e artísticos com base na Lei Aldir Blanc termina neste dia 20

Prazo final para inscrição referente a projetos culturais e artísticos com base na Lei Aldir Blanc termina neste dia 20

Encerra amanhã, sexta-feira, 20 de novembro, em São Ludgero, o prazo para inscrições de projetos culturais e artísticos com base na Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, regulamentada pelo Decreto Federal nº 10.464/2020 e Decreto Municipal nº 51/2020, em consonância com as deliberações do Comitê de Emergência Cultural, através da modalidade Edital de Emergência Cultural de Seleção Pública. O concurso visa apoiar o setor diante da pandemia do Coronavírus. O aporte financeiro total é de R$ 105.513,22 repassados pelo Governo Federal através do Ministério do Turismo.

    Podem participar pessoa física, maior de 18 anos, residente em São Ludgero, responsável por espaço cultural ou executor de trabalho artístico e também pessoa jurídica com ou sem fins lucrativos, cuja finalidade estatutária esteja contemplada a arte e a cultura.

    O módulo financeiro é destinado a projetos de manutenção, investimento e atividades artísticas e culturais possuindo três categorias: Projetos de Baixa complexidade no valor de R$ 3.000,00; Projetos de Média complexidade no valor de R$ 5.000,00; E, Projetos de Alta complexidade no valor de R$ 7.000,00.

    O edital premiará projetos culturais e artísticos como artes cênicas, artes visuais, design, moda, audiovisual, comunicação em cultura, formação em cultura, livro, leitura, literatura, bibliotecas, patrimônio material, patrimônio imaterial, música, etnias, museus, manifestações tradicionais, arte digital e outros.

   Todas as informações estão disponíveis no site www.saoludgero.sc.gov.br, banner Edital de Emergência Cultural de Seleção Pública 001/2020. 

Crédito de Fotos: Bertoldo Kirchner Weber/Assessor de Comunicação Município de São Ludgero

19 de novembro de 2020 Candidatos e partidos têm de entregar prestação de contas final até 15 de dezembro

Candidatos e partidos têm de entregar prestação de contas final até 15 de dezembro

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta quinta-feira (19) as datas para apresentação da prestação de contas final dos candidatos e partidos nas eleições 2020.

Os eleitos devem apresentar as contas até o dia 15 de dezembro, para que possam ser analisadas a tempo da diplomação, que deve ocorrer até 18 de dezembro. A regra vale para os eleitos para os cargos de:

  • prefeito
  • vice-prefeito
  • vereador, até o terceiro suplente

Os candidatos que não foram eleitos e respectivos partidos terão de 7 de janeiro até 8 de março para apresentar a documentação que comprova tudo o que foi arrecadado e o gasto na campanha.

Segundo o TSE, a alteração da data foi necessária em razão do cenário excepcional decorrente da pandemia da Covid-19 e também para atender o plano de segurança sanitária do tribunal.

Também foi definido o escalonamento da entrega das mídias eletrônicas com os documentos comprobatórios seguindo as medidas sanitárias para o atendimento presencial.

Cada TRE poderá estabelecer regras para o atendimento presencial, como agendamento prévio e limite de pessoas a depender do espaço físico de cada localidade, respeitando as regras de medidas sanitárias como uso de máscara facial, higienização das mãos e distanciamento social mínimo.

Fonte: G1

19 de novembro de 2020 Inscrições estão abertas para o ensino médio técnico do IFSC

Inscrições estão abertas para o ensino médio técnico do IFSC

O Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) abriu nesta quinta-feira, dia 19, as inscrições para os cursos técnicos integrados ao ensino médio que iniciarão as atividades no primeiro semestre de 2021. Em razão da pandemia, o processo seletivo será por sorteio público e não será cobrada taxa de inscrição. O prazo vai até o dia 15 de dezembro. Nos cursos técnicos integrados ao ensino médio (também chamados de ensino médio técnico), o estudante faz o ensino médio e recebe formação técnica com a mesma matrícula.

O Câmpus Criciúma oferece os cursos técnicos em Edificações, Mecatrônica e Química. O Câmpus Araranguá tem novidades neste processo seletivo. Mantém-se o curso técnico em Eletromecânica apenas no período matutino e o curso técnico em Vestuário, também matutino. Além deles, o curso técnico integrado em Produção de Moda (vespertino) é oferecido pela primeira vez.

As inscrições on-line devem ser feitas pela internet até 15 de dezembro, pelo site do IFSC. As vagas são para estudantes que tenham ensino fundamental completo ou o tenham concluído até a data da matrícula (22 de janeiro de 2021, para os aprovados em primeira chamada). Não há cobrança de taxa de inscrição.

O processo seletivo será feito por sorteio público, às 15h do dia 17 de dezembro. A lista com os selecionados em primeira chamada será divulgada no dia 22 de dezembro. Os selecionados em primeira chamada deverão fazer matrícula on-line entre 22 e 29 de janeiro de 2021.

Todas as informações sobre este processo seletivo devem ser consultadas no edital disponível no site do IFSC.

Fonte: Engeplus

Open chat
Entre em contato conosco! =)