site loader
23 de outubro de 2020 Mega-Sena acumula e pagará R$ 38 milhões no sábado

Mega-Sena acumula e pagará R$ 38 milhões no sábado

As apostas poderão ser feitas até as 19h do dia do sorteio

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.311 da Mega-Sena, realizado nesta quinta-feira no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo.

Os números sorteados são: 03 – 05 – 09 – 35 – 43 – 60.

A quina (cinco números acertados) registrou 58 apostas ganhadoras, cabendo a cada uma delas R$ 42.990,76. E a quadra (quatro números acertados) teve 5.162 apostas ganhadoras, com R$ 690,06 para cada uma.

A estimativa do prêmio para o próximo concurso, que vai ocorrer no sábado (24), é estimado em R$ 38 milhões, segundo o site da Caixa Econômica Federal.

Fonte: NOTISUL

23 de outubro de 2020 Covid-19: Estudo mostra que fezes causaram surto em cidade da China

Covid-19: Estudo mostra que fezes causaram surto em cidade da China

Vazamento em banheiro levou à contaminação; amostras genéticas mostraram que vírus do esgoto e em pneus de bicicleta da eram o mesmo

Um estudo publicado no periódico científico Clinical Infectious Diseases afirma que fezes contaminadas foram as responsáveis por um surto de covid-19 em Guangzhou, uma cidade densamente povoada da China, em abril deste ano.

A disseminação da doença ocorreu a partir de um vazamento de esgoto provocado pela ruptura de um cano no banheiro da casa de um casal infectado com covid-19. Isso fez com que o esgoto inundasse as ruas, contaminando a comunidade. 

Durante o surto, os pesquisadores realizaram testes com 2.888 moradores da região. Foram coletadas também amostras de superfícies de dentro e fora das casas. Todos que apresentaram teste positivo foram colocados de quarentena. 

O casal teria se infectado em um mercado onde ocorria um surto de covid-19. Os pesquisadores afirmam que, ao entrevistar moradores da região infectados, constararam que não haviam frequentado o mesmo mercado nem tinham estabelecido contato com o casal, reforçano a hipótese de outro meio de contaminação.

A ruptura no cano de 100 cm² levou o esgoto até a entrada de prédios vizinhos, onde foram registrados casos de covid-19. 

Também foram analisadas a composição genética das amostras do novo coronavírus. Os cientistas descobriram que o vírus detectado no banheiro do casal era o mesmo na sola de sapatos e pneus de bicicleta da vizinhança.

Os autores do estudo ressaltam que ainda é preciso uma maior investigação para uma comprovação definitiva de que o esgoto foi responsável pelo surto, mas que a descoberta chama a atenção para a importância do saneamento adequado principalmente em áreas densamente povoadas. 

Fonte: R7

23 de outubro de 2020 Braço do Norte: duas pessoas morrem em grave acidente de trânsito na SC-370

Braço do Norte: duas pessoas morrem em grave acidente de trânsito na SC-370

Um acidente de trânsito envolvendo dois veículos resultou na morte de duas pessoas e ainda deixou dois homens feridos em Braço do Norte. A ocorrência foi registrada na madrugada desta sexta-feira, dia 23, por volta das 2 horas, no bairro Travessão. A colisão aconteceu na SC-370, no Km 152 da rodovia estadual. 

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, após uma perseguição policial, o motorista de um veículo VW Golf  perdeu o controle da direção em uma curva e colidiu em Ford Ka e caiu em um barranco de 20 metros. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, todas as vítimas estavam no VW Golf. Uma jovem de 24 anos morreu e um homem também acabou morrendo, porém ele estava sem documento e ainda não foi identificado. Outros dois ocupantes do carro ficaram gravemente feridos e foram encaminhados ao Hospital Santa Teresinha. O acidente foi atendido pela Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros, Polícia Militar Rodoviária (PMRv), Polícia Civil e Instituto Geral de Perícias (IGP).

Fonte: Engeplus

Somos vítimas e temos provas, diz deputado Volnei, sobre candidato à prefeito em Tubarão

Pela primeira vez, o deputado Volnei Weber comentou ao DS sobre os boatos de racha no MDB e as acusações publicadas pela própria filha contra o candidato a prefeito de Tubarão Dr. Cristiano. Ambos são do mesmo partido.

Volnei adiantou que está se reunindo com lideranças do partido e diz que a família está passando por um momento de sofrimento.

A semana começou com as informações de racha dentro do MDB. Entre os nomes que teriam declinado de apoiar o candidato Dr. Cristiano a prefeito de Tubarão estaria Volnei Weber. Na quinta-feira, surgiram as postagens da própria filha do deputado acusando Dr. Cristiano de “destruir famílias”, conforme o portal Sul Agora trouxe com exclusividade.

“Por que você não tira ‘Família é base de tudo’ do seu lema? Pois não é essa a sua realidade… Você entrou na nossa família como médico, nos ajudou, te agradeço neste sentido. Mas, em contrapartida, depois veio com o golpe. Você destruiu a nossa família. Você não tem caráter, muito menos amor à sua própria família”, postou a filha do deputado nas próprias publicações do Dr. Cristiano.

Ao ser procurado pelo DS, Volnei se mostrou reticente em falar qual a motivação das acusações, mas adiantou que está se reunindo com lideranças, uma a uma, para levar as informações do que ocorreu e chegar num consenso sobre o que deve ser feito. “A situação não é boa. É grave. Mas não fomos nós que a criamos. Somos vítimas e temos provas. Estamos sofrendo muito. Estamos sem chão. Em respeito a Tubarão, à militância e aos apoiadores, estou me reunindo com cada liderança para ver qual será a melhor resposta que será dada nos próximos dias. Não vou me reunir em grupo, mas estou buscando um a um para mostrar o que aconteceu”, aponta o deputado.

Na quinta-feira, o DS procurou ainda a própria filha do deputado para saber sobre as acusações, mas não obteve retorno. A redação também ligou insistentemente para o Dr. Cristiano e trocou mensagens com a assessoria do candidato, solicitando um esclarecimento, mas não houve respostas. O partido, através do advogado Charles Conceição, informou que o MDB não se manifesta sobre situações pessoais. “Até porque não sabemos o que está acontecendo”, informou.

Diário do Sul

22 de outubro de 2020 Alerta é para novo período de estiagem em várias regiões em SC

Alerta é para novo período de estiagem em várias regiões em SC

O que chama a atenção é que Outubro é um dos meses mais chuvosos do ano no Estado. Mas o relatório (ontem) mostra que até o último dia 19, a precipitação ficou abaixo da média em todas as regiões

Um alerta para um novo período de estiagem em várias regiões em Santa Catarina foi divulgado nesta quarta-feira (21) caso não normalize as condições de chuva, onde já ocorrem baixos volumes no Estado, principalmente nas regiões do Oeste, Meio Oeste, Planalto Sul e Vale do Itajaí. Os dados são do 11º Boletim Hidrometeorológico Integrado do Estado.

Nestas áreas, os acumulados ficaram abaixo dos 30 milímetros de maneira geral. Somente na região do Extremo Oeste, próximo ao Paraná, os volumes ultrapassaram os 30 mm.

A passagem de frentes frias oceânicas e atuação de áreas de instabilidade provocaram acumulados mais significativos nas regiões do Litoral Sul, Grande Florianópolis, Litoral Norte e Planalto Norte, que ficaram entre 40 e 80 mm, com pontuais acima dos 100 mm.

Situação de atenção
Pelo segundo boletim seguido houve aumento no número de cidades registrando problemas com o abastecimento. Na comparação com o boletim do início de setembro ocorreu um aumento de 26 municípios em situação de atenção; crescimento de mais um em situação de alerta e mais cinco cidades em situação crítica, concentrados principalmente na região Oeste e Planalto Central do Estado.

Em relação aos dados do boletim anterior, foi possível verificar também que o número de municípios considerados dentro da normalidade reduziu de 211 para 156 municípios. Portanto, 85 (32%) estão em estado de atenção, 12 (5%) em alerta e nove (3%) em estado crítico. Dentre os 295 municípios catarinenses, 262 (89%), responderam os questionários para avaliação e monitoramento. Os dados reforçam para que o Estado continue o monitoramento constante das condições hidrológicas que já registram um longo período sem precipitação desde junho do ano passado.

Abaixo da média
Um dos pontos que chama atenção no Boletim é que Outubro é um dos meses mais chuvosos do ano em Santa Catarina. Porém, o 11º relatório alerta que até o dia 19 deste mês, a precipitação ficou abaixo da média em todas as regiões. A distribuição da chuva no mês de outubro continua irregular, com o Estado apresentando em média 70% de dias sem chuva superior a 1mm. Contudo, a previsão indica que a próxima semana pode ser um pouco mais úmida, resultando em melhoras nesse indicador.

Segundo os dados, nestes 19 primeiros dias de Outubro não choveu nem 20% do esperado para o mês na maior parte do Estado. “Se não chover nos próximos dias e meses que deveriam ser de recarga, liga um alerta bem importante sobre a situação que enfrentaremos nos meses mais secos – abril/maio/junho – do ano que vem. Uma das explicações para essa baixa precipitação é o evento global La Niña, que é responsável pelo esfriamento das águas do Oceano Pacífico e modifica o clima em determinado período, resultando, normalmente, em chuvas acima da média no Nordeste brasileiro e seca no Sul do país”, explica.

Ações emergenciais
Conforme as previsões, tanto trimestral quanto semestral, permanecem as perspectivas de precipitação e armazenamento de água no solo, abaixo da média. Assim, a constatação do agravamento da situação de estiagem novamente pode provocar o comprometimento do abastecimento urbano em diversos municípios que, inclusive, já vem decretando situação de emergência.


Fonte: NOTISUL

22 de outubro de 2020 Oxford manterá testes de vacina apesar de morte de brasileiro

Oxford manterá testes de vacina apesar de morte de brasileiro

Decisão reforça hipótese de que voluntário teria tomado placedo contra a covid-19, mas a informação não foi confirmada ainda pela Universidade 

A Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca continuarão com os testes da vacina experimental contra a covid-19 apesar da morte de um voluntário brasileiro.

A instituição de ensino explicou, em comunicado divulgado pela imprensa britânica, que a morte foi objeto de uma “cuidadosa avaliação” na qual foram não encontrados elementos preocupantes sobre a segurança da vacina.

“A revisão independente, além da do regulador brasileiro, recomendou que os testes continuem”, destacou a universidade na nota.

Cerca de metade dos voluntários que participam dos testes – que também ocorrem no Reino Unido e na Índia – recebem a vacina experimental, enquanto os demais recebem um placebo.

A morte de um voluntário brasileiro foi divulgada na quarta-feira (21), sem detalhes sobre se ele recebeu vacina ou placebo. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou que foi “formalmente informada” sobre o ocorrido na segunda-feira passada e que continuará a análise, mas confirmou que os testes clínicos no país continuarão.

Esta vacina está na terceira fase de testes, a última antes de receber a autorização dos órgãos reguladores para finalmente chegar à população.

Em setembro, a Universidade de Oxford retomou os testes clínicos após uma interrupção por um curto período devido a uma reação adversa sofrida por um voluntário.

Fonte: R7

Open chat
Entre em contato conosco! =)