site loader

Delegacia De BRAÇO DO NORTE Deflagra Operação e Cumpre Três De Prisões De Integrantes De Organização Criminosa Especializada Em Aplicar “GOLPE DO NUDEZ”

A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Delegacia de Polícia de Braço do Norte,  com apoio das Delegacias de São Ludgero, Gravatal e da 6ª Delegacia de Homicídios de Porto Alegre/RS, deram cumprimento a um mandado de busca e apreensão e três de prisões no Capital Gaúcha. A organização criminosa vinha sendo investigada há dois meses, após terem feito algumas vítimas na região de Braço do Norte. 

O conhecido “golpe do nudes”, segundo a investigação, consiste na criação de  perfis falsos (fakes) de garotas nas redes sociais e, a partir daí, passam a adicionar homens, na maioria das vezes de meia idade, e começam a trocar mensagens de cunho sexual com eles.

Durante as conversas, que são realizadas através do bate-papo dos aplicativos e também pelo Whatsapp são trocadas fotos íntimas (nudes) entre a suposta garota e as vítimas, que são a todo tempo enganadas pelos autores do crime. Importante destacar que na abordagem da vítima a suposta garota não declara ser menor de idade, informação que surge apenas posteriormente quando é realizada a extorsão. 

Já de posse da foto da vítima e das trocas de mensagens, os golpistas entram em contato e se apresentam  como policial civil do Rio Grande do Sul, e informam que a menina seria menor de idade e exigem dinheiro para não realizarem a prisão da vítima. Posteriormente   fazem uma “intermediação” entre a vítima e o pai da garota, solicitando mais dinheiro para pagar um tratamento para menina que teria ficado doente com a situação. Chegam a exigir dinheiro para pagar o enterro da suposta menor de idade que teria falecido em razão de depressão.

Caso a vítima não deposite a quantia em dinheiro exigida pelos criminosos, eles ameaçam expor toda a conversa aos familiares das vítimas e pessoas próximas, que, subjugados a essa situação, acabam efetivando os depósitos.

No casos investigados pela Polícia Civil de Braço do Norte, após a reunião dos elementos informativos e de provas, foi possível inferir que toda a trama  partiu de uma organização criminosa situada no Município de Porto Alegre/RS, com alguns integrantes já reclusos no sistema prisional.

Diante disso, foi representado ao Poder Judiciário pela expedição dos mandados de busca e apreensão e prisão de três pessoas, os quais foram cumpridos nesta data.

Um inquérito policial foi instaurado para apurar o crime de extorsão, o qual ocorre quando alguém   constrange uma pessoa, mediante violência ou grave ameaça,  com o intuito de obter para si ou para outrem indevida vantagem econômica,  conduta com pena de 4 a 10 anos de reclusão. 

Os presos permanecerão a disposição da justiça.

19 de novembro de 2020 Primeiras doses da CoronaVac chegam ao Brasil nesta quinta (19)

Primeiras doses da CoronaVac chegam ao Brasil nesta quinta (19)

Avião da empresa Turkish Airlines transportou 120 mil doses. Após inspeção da vigilância sanitária, carregamento será levado ao Instituto Butantan

As primeiras doses da CoronaVac, vacina produzida no laboratório chinês Sinovac, chegaram ao Brasil na manhã desta quinta-feira (19), no Aeroporto de Guarulhos.

O avião, da empresa Turkish Airlines, transportou 120 mil doses da vacinas trazidas para o país.

O carregamento veio diretamente da China, armazenado a uma temperatura de 8 graus negativos. Após inspeção da vigilância sanitária, será levado ao Instituto Butantan, segundo informações da Record TV.

Imunizante contra a covid-19 parceria entre o governo do estado de São Paulo e o laboratório chinês Sinovac, a vacina ainda não poderá ser usada, já que ainda não tem a permissão da Anvisa.

Interrupção e retomada na produção

No último dia 9 de novembro, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) suspendeu os estudos com a Coronavac, devido a uma ocorrência de “evento adverso grave” ocorrido em 29 de outubro.

Dois dias depois, após reunião entre técnicos da agência em Brasília, a Anvisa decidiu liberar a retomada dos testes com a vacina. O motivo da interrupção havia sido a morte de um dos voluntários a tomarem a vacina. Entretanto, posteriormente foi noticiada a informação de que a morte do homem se deu por suicídio. 

A Anvisa, numa entrevista coletiva, afirmou que não havia recebido todas as informações do Instituto Butantan e não tinha conhecimento de que o possível problema com a vacina seria um suicídio, informação que não foi divulgada inicialmente a pedido da família do voluntário.

Fonte: R7

19 de novembro de 2020 Vacina de Oxford produz resposta imune em idosos acima de 70 anos

Vacina de Oxford produz resposta imune em idosos acima de 70 anos

Estudo divulgado nesta quinta-feira (19) na revista “The Lancet” indica que resultados finais do imunizante contra covid deverão chegar antes do Natal

vacina potencial contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, produziu uma forte resposta imune em idosos com mais de 70 anos de idade.

Os dados sobre a segunda fase de estudos clínicos foram publicados na quinta-feira (19) na revista científica “The Lancet”, que é referência mundial na área farmacêutica.

Os pesquisadores testaram a dose, denominada ChAdOx1 nCoV-19, em um experimento com 560 adultos saudáveis, incluindo 240 com mais de 70 anos, para observar seu impacto no sistema imunológico e possíveis efeitos colaterais.

Os “resultados preliminares promissores” indicam que esta vacina SARS-CoV-2 oferece “resultados de segurança e imunogenicidade semelhantes em idosos saudáveis ​​do que naqueles com idade entre 18 e 55 anos”, segundo o texto da Lancet.

Os dados, obtidos no final de outubro, mas publicados na íntegra somente hoje, sugerem que pessoas com mais idade, mais suscetíveis a morerr em decorrência da covid-19, podem desenvolver uma robusta imunidade.

“As respostas robustas de anticorpos e células T vistas em pessoas mais velhas em nosso estudo são encorajadoras”, disse Maheshi Ramasamy, consultor e co-investigador principal do Oxford Vaccine Group.

Dentro de 14 dias após a primeira dose, os pacientes geram uma resposta das células T. Já a geração de anticorpos ocorre 28 dias após a dose de reforço (que atacaria o vírus quando ele circula pelo sangue ou sistema linfático).

“Esperamos que isso signifique que nossa vacina ajude a proteger algumas das pessoas mais vulneráveis ​​da sociedade, mas mais pesquisas serão necessárias antes de termos certeza”, completou.

Entenda os testes

Nos testes da fase 2, os voluntários com mais de 55 anos foram divididos em dois grupos e receberam uma ou duas doses da vacina em um período de 28 dias. Todos foram observados desde o início para detectar efeitos adversos, bem como a resposta imune.

Os autores observam que os efeitos colaterais do imunizante foram “leves” (como dor à injeção, fadiga, dor de cabeça, febre ou dor muscular), embora mais comuns do que com a vacina de controle.

Treze casos graves foram detectados nos seis meses após a primeira dose, mas não são foram considerados relacionados às vacinas.

Os pesquisadores explicam que os efeitos colaterais foram ainda menos comuns em adultos mais velhos do que jovens, e a resposta imunológica foi “semelhante” em todas as faixas etárias após a dose de reforço.

A vacina induziu anticorpos contra a proteína de pico do coronavírus 28 dias após a primeira dose pequena ou quantidade padrão em todas as faixas etárias. Após a vacinação de reforço, o nível de anticorpos aumentou 56 dias após o início do experimento, e o mesmo aconteceu com os anticorpos neutralizantes 42 dias depois.

Por sua vez, a resposta das células T contra a proteína spike do coronavírus culminou 14 dias após a primeira inoculação, independentemente da idade ou da dose.

Testes finais e limitações

A pesquisadora Sarah Gilbert diz que este estudo “responde a algumas das questões” levantadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde) sobre a necessidade de vacinas contra covid-19 protegerem também os idosos.

No entanto, ressalta que outras “questões sobre a eficácia e a duração da proteção” ainda precisam ser respondidas e a vacina também deve ser testada em idosos com patologias para garantir que proteja aqueles que têm maior risco de evoluir para quadros graves.

Os autores reconhecem que os testes divulgados hoje “têm limitações”. Por exemplo, informaram que as pessoas mais velhas do experimento tinham uma idade média de 73 ou 74 anos e eram saudáveis.

Além disso, acrescentam, a maioria dos voluntários de qualquer idade eram brancos e não fumantes. Por isso, na terceira fase, os testes clínicos se estenderão a pessoas de diferentes origens.

Os testes em estágio final, ou fase 3, estão em andamento para confirmar as descobertas, disseram os pesquisadores. Essa fase também vai testar se a vacina protege contra a infecção com SARS-CoV-2 em uma ampla gama de pessoas, incluindo aquelas com outros problemas de saúde.

Os resultados da fase 3 devem ser definitivamente conhecidos até o Natal, disse o diretor do Oxford Vaccine Group, Andrew Pollard.

Fonte: R7

19 de novembro de 2020 Covid-19: Braço do Norte registra aumento nos casos confirmados, doentes ativos e internados

Covid-19: Braço do Norte registra aumento nos casos confirmados, doentes ativos e internados

Estão recuperados, desde o início da pandemia, 2.337 pacientes

Após a 21ª morte em Braço do Norte em decorrência da Covid-19 na última segunda-feira, a cidade registrou entre hoje (18) e ontem um aumento no número de casos confirmados, doentes ativos e pacientes internados.

Entre esse período, mais 35 pessoas estão infectadas. Hoje, conforme boletim divulgado nesta tarde, são 2.451 casos confirmados. Ontem foram 2.416 e no dia 16 somavam 2.378.

Quanto aos doentes ativos, são 93, enquanto ontem registrava 71. O número de pessoas internadas que moram no município também subiu. Agora são nove (sete no HST e dois em UTI – Laguna e Tubarão). Ontem havia sete.

O mesmo ocorreu com o número de suspeitos, que de 205 passou nesta quarta-feira para 270. Estão recuperados, desde o início da pandemia, 2.337 pacientes.

Fonte: Notisul

19 de novembro de 2020 Em SC: Predomínio de nuvens com pouca chuva

Em SC: Predomínio de nuvens com pouca chuva

Temperatura amena, com maior elevação no Oeste

Quinta-feira (19) com tempo instável com nebulosidade variável. Aberturas de sol e chuva isolada do Planalto ao Litoral de Santa Catarina. Sol e poucas nuvens no Oeste e Meio-Oeste.

Temperatura amena, com maior elevação no Oeste. Vento sudeste, fraco a moderado e sistema, área de baixa pressão, influenciando a faixa leste do Estado.

No Litoral Sul máxima de 27ºC e mínima de 13ºC. Rajada pode chegar a 45km/h. Pode ocorre descarga elétrica. Em Tubarão temperaturas podem ficar entre 14°C e 27°C.

Informações: Epagri/Ciram

Fonte: Notisul

**OUÇA a previsão do tempo para a nossa região com o Ronaldo Coutinho aqui no site da STYLO no ícone TEMPO ou em 102.1! Clica acima e ouça!

19 de novembro de 2020 Coronavírus: Amurel volta ao risco gravíssimo

Coronavírus: Amurel volta ao risco gravíssimo

De acordo com o diretor-presidente da Fundação Municipal da Saúde de Tubarão, Daisson Trevisol, além das orientações sobre os atendimentos, foram tomadas algumas outras medidas. “Aumentamos o número de médicos na Policlínica e conseguimos alguns equipamentos com a Votorantin, que foram entregues ao Hospital Nossa Senhora da Conceição, como respiradores e monitores cardíacos. Além disso, conversei com os dois hospitais da cidade (HNSC e Socimed) e eles vão aumentar a oferta de setores de enfermaria e também os leitos de UTI. Também vamos aumentar as fiscalizações e continuar o monitoramento, acreditando que vamos ter uma redução de casos nas próximas semanas, desde que as pessoas colaborem e tomem todas as medidas de segurança”, pontua.

Open chat
Entre em contato conosco! =)