site loader

Em reunião na manhã dessa quarta-feira (12) com o Secretário de Estado da Infraestrutura, Major Vieira, o Deputado Estadual Volnei Weber tratou sobre a polêmica questão do desassoreamento da Barra do Camacho. Essa é uma reivindicação antiga que tem sido prioridade para o parlamentar desde o início do mandato. “Historicamente o local apresenta dificuldades para o desenvolvimento da atividade pesqueira local e a cada ano a situação se agrava mais. São mais de 1.500 famílias que dependem da pesca para o seu sustento. São anos e anos de incertezas e angústias que precisam ser sanadas. Não podemos ficar de braços cruzados! Precisamos tratar desse assunto de forma emergencial”, destaca Weber.

As embarcações não conseguem atravessar o canal porque os barrancos de areia, formados pela força dos ventos e também pela ação humana, as impedem. A maioria dos barcos que entram no Canal não consegue sair. O calado não existe, a água não passa. Alguns, inclusive, nem se arriscam a entrar.

Durante a reunião, o Secretário se comprometeu a destinar o valor para o desassoreamento da Barra do Camacho, desde que o projeto técnico esteja pronto. Cabe destacar que esse projeto já existe e foi produzido pela Amurel em 2017. Os técnicos da associação já estão atualizando os valores. O investimento estimado é de R$5,5 milhões para o desassoreamento.

Recursos na ALESC

Além disso, o Deputado Volnei anunciou que irá articular junto à mesa diretora da Assembleia Legislativa, através de requerimento, para que os R$4 milhões que estão sobrando na Defesa Civil do Estado, fruto de uma doação da ALESC no ano passado sejam destinados para a Barra do Camacho. Com isso, o projeto poderá avançar para a segunda etapa, que é o enrocamento do local.

Open chat
Entre em contato conosco! =)