site loader
8 de junho de 2022 Vitória diante do Sampaio Corrêa mostra a força do Criciúma, avalia Tencati

A vitória diante do Sampaio Corrêa na noite desta terça-feira, dia 7, fez o Criciúma encerrar uma sequência de três rodadas sem vencer no Campeonato Brasileiro da Série B. Mais do que isso, o Tigre vinha de duas derrotas doloridas, onde deixou pontos importantes escapar contra o Cruzeiro e Bahia, cedendo a derrota nos acréscimos. Para o técnico Cláudio Tencati, o resultado positivo e tranquilo diante da Bolívia Querida foi a prova da capacidade de reação do tricolor carvoeiro.

“Nós tivemos um baque contra o Bahia e isso não tem como não dizer, pelas circunstâncias que foram. Nós fizemos um grande jogo e deixamos escapar a vitória e ainda cedemos a derrota. Reagimos. Isso significa a força e a capacidade de reação desta equipe, uma obediência aos comandos que passamos e uma sintonia que temos entre a comissão técnica e os jogadores”, destacou o treinador.

Tencati aderiu a vitória por 3 a 1 ao comprometimento da equipe na filosofia de jogo que a comissão técnica vem implantando no Tigre, mesmo depois de derrotas doloridas. “A gente tinha que empurrar o time do Sampaio Corrêa e jogar em cima. O Criciúma foi incisivo, conseguiu dois gols logo no início. A única coisa que não podemos fazer é deixar de ser agressivo quando estamos marcando baixo. Isso aconteceu. No intervalo a gente ajustou e no início do segundo tempo fizemos o terceiro gol. O time fez o que precisava ter sido feito, que era ganhar o jogo primeiro e ser consistente, respondendo aquilo que eu pedi”, avaliou.

A vitória dá tranquilidade ao Tigre, que deixou a zona de rebaixamento após iniciar a rodada entre os quatro últimos da tabela. Pela frente o Criciúma terá dois confrontos catarinenses. Primeiro pega a Chapecoense na Arena Condá. Depois retorna para o Sul de Santa Catarina onde recebe o Brusque.

“A vitória dá Da tranquilidade para reafirmar o que viemos fazendo. Quem está jogando fora de casa e fazendo marcação alta? Quem está jogando de igual para igual com o adversário fora? O Criciúma faz isso, porque adotamos uma filosofia, um modelo de jogo que não está mudando. Nosso time marca, compete, joga, tem jogadores com qualidade técnica. A maioria dos adversários nos respeitam. O resultado reafirma todas as nossas qualidades e dá confiança para continuar a caminhada”, frisou Tencati.

Fonte: Engeplus

Open chat
Entre em contato conosco! =)