site loader
17 de janeiro de 2022 Temperaturas podem chegar a 40ºC em cidades de SC nesta segunda-feira

Onda de calor intenso segue atuando no estado. Há chance de temporais.

Com a onda de calor ainda atuando no estado, as temperaturas podem chegar até 40°C em cidades do Sul e Oeste de Santa Catarina nesta segunda-feira (17), segundo a Central de Meteorologia da NSC.

Entre a tarde e a noite, de acordo com a Defesa Civil, a combinação entre calor, umidade e instabilidades presentes na atmosfera favorecem a ocorrência de temporais na região Central e Leste do estado.

Há risco alto para enxurradas e alagamentos causados pela chuva intensa. Raios, rajadas de vento e queda de granizo também podem ocorrer.

As temperaturas máximas, no período da tarde, variam entre 30° e 35°C, nas demais regiões.

Onda de calor

De acordo com a meteorologista Marilene de Lima, da Epagri/Ciram, o centro da massa de calor é localizado entre a Argentina e o Uruguai, regiões que já bateram recorde de temperatura.

A especialista explica a localização do fenômeno faz com que o calor afete principalmente o Rio Grande do Sul e as regiões que ficam na divisa com Santa Catarina, como os municípios do Oeste e o Meio-Oeste.

O meteorologista Leandro Puchalski explica que a região Oeste pode sofrer mais com o calor por estar mais afastada do Litoral e, assim, ser mais seca. Segundo ele, é possível que as altas temperaturas tragam pancadas de chuvas no período da tarde em todos os dias, o que deve refrescar um pouco.

Cuidados com a saúde

A Defesa Civil de Santa Catarina alertou para a onda de calor e grupos que podem ser mais afetados pela temperatura. Em nota, o órgão disse que “orienta que os cuidados devem ser redobrados com crianças, idosos, portadores de doenças crônicas e pets”.

Diante da previsão, o médico Guilherme André Eger, especialista em Família e Comunidade e que atende na Unidade Básica de Saúde da Família Ulysses Guimarães, em Joinville, do Norte catarinense, dá cinco dicas sobre como evitar problemas relacionados ao calor.

  • Durante o verão precisamos ingerir bastante líquido, principalmente água. Muitas vezes a dor de cabeça é um dos primeiros sinais de desidratação e agora, com a pandemia, já se pensa que pode ser Covid-19 ou gripe e, às vezes, é só falta de líquido;
  • É importante ter uma alimentação leve, sem gorduras. Alimentação leve é essencial até porque o calor pode diminuir o esvaziamento gástrico e então dar aquela sensação de estômago pesado, às vezes mal-estar e tontura;
  • Manter a rotina de sono é essencial para a qualidade de vida;
  • As pessoas que saem para trabalhar durante períodos de calor mais intenso, devem usar boné, chapéu, sombrinha também é válida, alguma coisa que possa proteger do calor. Não esquecer de usar e reaplicar, sempre que necessário, protetor solar. Se possível, usar roupas resistentes aos raios UVA e UVB;
  • Verão é uma época em que são registrados casos de viroses e intoxicação alimentar. Por isso, dê preferência para água tratada, filtrada ou fervida para evitar doenças como diarreia e quadros virais.

Fonte: G1 SC

Open chat
Entre em contato conosco! =)