site loader
16 de julho de 2021 Serra do Rio do Rastro: motorista relata falta de sinalização de obras

A Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade (SIE) comunicou que o bloqueio total da Serra do Rio do Rastro, na SC-390, entre Lauro Müller e Bom Jardim da Serra seguirá até as 18 horas deste sábado, dia 17. O motivo é a inconclusão do serviço de remoção de pedras soltas na rodovia. Porém, motoristas questionam a sinalização referente a interdição do trecho. 

Moradora de Tubarão, Gilmara Preve, precisou ir até Urubici na tarde desta quinta-feira, dia 15, para visitar o sogro, que está em estado grave de saúde. Sem ter conhecimento da continuidade do bloqueio na Serra do Rio do Rastro, ela foi surpreendida e precisou retornar até Grão-Pará para conseguir chegar ao seu destino utilizando a Serra do Corvo Branco. 

“É um desrespeito. Não tem nenhuma sinalização no início da Serra do Rio do Rastro indicando o bloqueio. Só sabemos que está interditada quando chegamos nas barreiras que estão já quase no meio da serra. E não fomos só nós. Havia bastante carros que fizeram o mesmo”, afirmou. 

Segundo a tubaronense, a única sinalização que existe é uma placa colocada no posto da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Lauro Müller, no Distrito de Guatá, que indica a liberação do trecho no início e fim do dia. “Ali fala que está liberado para subir depois das 18 horas. Nenhum policial nos abordou ali em Lauro Müller para falar”, comentou.

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Guatá garante que há sinalização no local informando a seguinte frase: “Serra interditada, aguarde aqui”. As placas informativas foram colocadas em frente ao posto da PMRv de Guatá e também ao longo do trecho não interditado. Segundo o sargento Mazzucco, a barreira não é efetuada em frente ao posto, pois há moradores que precisam do acesso. Por isso, a orientação é para que os motoristas estejam atentos à sinalização. 

Fonte: Engeplus

Open chat
Entre em contato conosco! =)