site loader
10 de agosto de 2021 SED estuda finalidade do Cedup de Rio Fortuna

O Secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro, esteve no município de Rio Fortuna para acompanhar a obra de recuperação do Centro de Educação Profissional (Cedup) José Buss e alinhar a futura funcionalidade do prédio. A visita ocorreu na manhã desta segunda-feira, 9 de agosto, e contou com a presença de representantes da secretaria Estadual, Amurel, Epagri/Cidasc, Udesc, além de membros da administração municipal de Rio Fortuna, Legislativo e, demais lideranças políticas, como o deputado estadual Volnel Weber.

Durante a visita técnica foi debatido a nova finalidade da estrutura física do CEDUP, tão logo que seja finalizada a obra de recuperação. O secretário de Estado enalteceu a preocupação da demanda educacional, visto que o Cedup foi idealizado em 2011 com o objetivo de ofertar cursos nas áreas da agricultura e pecuária, como Zootecnia e Técnico Agrícola, através de um convênio com Governo Federal, Governo do Estado e Administração Municipal.   “Precisamos viabilizar a ocupação deste espaço, por isso a SED estuda permanentemente o cenário do ensino técnico catarinense para atualizar a grade de cursos ofertados e poder atender a região do Vale e Encostas da Serra Geral. O que nos preocupa é a demanda de alunos e o investimento para manter os cursos, por isso estamos aqui para definir uma funcionalidade concreta do espaço”, argumentou o secretário.

A equipe analisou diversas possibilidades, podendo o Cedup abrigar o novo ensino médio profissionalizante de Rio Fortuna, além dos cursos profissionalizantes de Zootecnia e Agronegócios, cursos de extensão da UDESC, bem como instalação de uma nova unidade regional da EPAGRI.  “Vamos analisar e definir em breve o futuro do Cedup, para que a obra não fique abandonada novamente”, resumiu o secretário. 

Para o prefeito Neri Vandresen é muito gratificante mais um passo para a concreta utilização da unidade.  “É uma obra que vem sendo cobrada e questionada há vários anos, porém temos esperança que assim que termine a reforma poderemos dar vida a este espaço. Que seja um espaço que possa contribuir com o desenvolvimento da região”, destacou. 

Atualmente o Cedup passa por uma obra de recuperação, que está orçada cerca de R$2,15 milhões. A empresa Camilo e Guisi, contratada pelo Governo do Estado, é a responsável pelos trabalhos que consiste na limpeza e reconstrução do prédio que teve estruturas destruídas em atos de vandalismo.   

CEDUP

O Cedup tem uma área total de 5.577,39 metros quadrados e faz parte do programa Brasil Profissionalizado do Governo Federal. A estrutura é composta por salas de aula, laboratórios, banheiros, ginásio, auditório, refeitório e biblioteca. A obra é fruto de um convênio com o Governo Federal, Governo do Estado e Administração Municipal. 

Open chat
Entre em contato conosco! =)