site loader
19 de janeiro de 2021 Saiba quantas doses da vacina cada cidade de SC vai receber

Primeira fase da vacinação terá como foco idosos com mais de 60 anos institucionalizados, profissionais da saúde e indígenas; doses já começaram a ser enviadas aos municípios

Começou na manhã desta terça-feira (19) o envio das doses da vacina contra a Covid-19 aos municípios catarinenses. A distribuição começou às 6h30 da manhã, de forma terrestre e aérea, para as 17 gerências regionais de saúde.Vacinas começaram a ser distribuídas na manhã desta terça-feira (19) aos municípios

O quantitativo de vacinas para cada região foi definido pela Secretaria de Estado da Saúde, após reunião da Comissão Intergestores Bipartite, na noite desta segunda-feira (18). O encontro, que ocorreu de forma online, contou com a participação de representantes de todos os municípios catarinenses.

Foi definido que 71.040 doses serão destinadas às regionais da saúde. Neste primeiro momento serão enviadas apenas a primeira dose da vacina. A segunda, para completar a imunização, será encaminhada aos municípios no dia 1º de fevereiro.

Devido à quantidade, a SES definiu os grupos prioritários que receberão as doses na primeira fase do Plano de Vacinação.

Serão 6.026 pessoas com mais de 60 anos e que vivem em instituições de longa permanência, 263 pessoas a partir de 18 anos com deficiência e que vivem em residências inclusivas, 7.710 indígenas acima de 18 anos de idade e que vivem em aldeias, e 54.385 trabalhadores da saúde.

O número de doses disponíveis para este último grupo equivale a pouco mais de 30% da força de trabalho em saúde de Santa Catarina. Por isso, a prioridade será:

  • Profissionais que atuam nas UTIs Covid-19;
  • Profissionais que atuam nas Emergências Covid-19;
  • Profissionais que atuam no atendimento clínico hospitalar Covid-19;
  • Profissionais do Samu;
  • Trabalhadores das Instituições de Longa Permanência de Idosos e de Residências Inclusivas (Serviço de Acolhimento Insti tucional em Residência Inclusiva para jovens e adultos com deficiência);
  • Equipes de vacinação que estiverem diretamente envolvidas na vacinação dos grupos elencados para esta etapa.

A secretaria afirma, ainda, que todos os trabalhadores da saúde serão vacinados, mas que a ampliação da cobertura será de forma gradativa, conforme a disponibilidade da vacina.

“É importante informar a população que nessa primeira etapa as secretarias municipais de saúde deverão priorizar a vacinação dos profissionais de saúde da linha de frente ao enfrentamento a Covid-19, além da população mais vulnerável que se encontra em instituições de longa permanência e nas aldeias indígenas com a finalidade de se prevenir a ocorrência de surtos nessas áreas. Com a chegada de mais doses, outros grupos serão incorporados. Portanto, ainda é cedo para que as pessoas procurem os postos de vacinação para serem vacinadas contra a Covid”, explica o Superintende de Vigilância em Saúde da SES, Eduardo Macário.

Região de Florianópolis receberá o maior número

A região de Florianópolis será a que receberá o maior número de doses neste primeiro momento: 15 mil, que compreende 22 municípios. Em seguida estão as gerências de Joinville e Blumenau – 7.440 e 6.520, respectivamente.

Ainda segundo a Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica), a soma foi feita de forma proporcional para que todos recebessem na primeira etapa as doses necessárias.

A primeira remessa das doses saiu para o Oeste, por via aérea. O voo ocorreu por volta das 6h da manhã. A expectativa é de que, às 13h, todas as regionais tenham recebido a vacina.

Fonte: ND+

**Em Braço do Norte serão 268 trabalhadores da área da saúde a receber nesse primeiro momento como mostra o gráfico:

Open chat
Entre em contato conosco! =)