site loader
23 de outubro de 2020 Relator Kennedy Nunes encaminha voto pelo afastamento de Moisés e Daniela

Após mais de duas horas de discurso e defesa do voto, o relator do processo que julga o impeachment do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), e da vice, Daniela Reinehr (sem partido), deputado Kennedy Nunes (PSD), se posicionou pelo afastamento de Moisés e Daniela por 180 dias. Agora, para que de fato isto aconteça, é necessário o voto de pelo menos cinco membros da comissão, que é formada por outros quatro deputados e cinco desembargadores.

A sessão está paralisada neste momento e assim seguirá até às 14h30. Antes da votação reiniciar, os demais julgadores passarão à discussão sobre o parecer de Kennedy Nunes. Isto significa que se algum julgador considerar que são necessários mais esclarecimentos com relação ao voto do relator, poderá ser concedida vista do parecer, para todos os membros do tribunal, pelo prazo de cinco dias. Desta forma, a votação do relatório seria adiada para outra sessão com data a ser marcada.

Todavia, se nenhum julgador considerar necessários esclarecimentos com relação ao voto do relator, a sessão pasa para a fase de votação dos deputados e desembargadores. A lista de votação conta com o deputado criciumense Luiz Fernando Vampiro (MDB) e você confere a ordem aqui.

Caso o governador e a vice sejam afastados, eles vão perder um terço dos vencimentos, valores restituídos caso sejam absolvidos ao final do processo. O primeiro na linha sucessória para assumir o Governo do Estado é o presidente da Alesc, deputado Julio Garcia (PSD).

Fonte: Engeplus

Open chat
Entre em contato conosco! =)