site loader
4 de novembro de 2020 Região ainda está na 1ª onda da pandemia

Com 19.985 casos confirmados de coronavírus desde o início da pandemia, sendo 18.692 pacientes curados e 224 mortes, o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde de Tubarão, Daisson Trevisol, diz que ainda estamos na primeira onda da pandemia e que os casos começaram a registrar novamente um crescimento significativo.

“Pode haver uma segunda onda da pandemia, assim como a que está ocorrendo na Europa, mas aqui não saímos ainda nem da primeira. Tivemos uma queda sim, mas não saímos da primeira. Estamos tendo um novo aumento sem ter muito declínio. Então, este aumento de transmissão está acontecendo em virtude de todas as liberações que têm sido feitas em conjunto com o Estado, mas ao mesmo tempo porque as pessoas parecem ter cansado. Basta ver as aglomerações durante os feriadões”, pontua.

“Nós tivemos uma primeira grande onda, um leve decréscimo por aproximadamente um mês e já voltamos a aumentar o número de casos, não só na região, mas em todo o Estado. Este é o momento agora. A vantagem é que isso não está se refletindo, ainda, nas internações hospitalares, que estão estáveis”, alerta.

“O que se espera é que haja este aumento de contaminação, mas não aumentem as internações, porque aí vamos tendo a imunidade coletiva sendo formada. Caso aumentem as internações, aí precisaremos tomar atitudes mais drásticas em algum momento, caso seja necessário”, avalia Daisson.

Tubarão atingiu nesta ontem a marca de 100 óbitos provocados pela covid-19. Nos últimos dias, mais três pessoas morreram – uma idosa de 77 anos e dois homens, de 55 e 57. Trinta e oito pessoas estão internadas nos dois hospitais da cidade para tratar a doença – nove na UTI e 29 na enfermaria. Dez deles são tubaronenses – quatro na UTI e seis na enfermaria.

Mortes por covid-19

A Amurel contabiliza 224 mortes devido a complicações causadas pelo coronavírus. Os óbitos ocorreram em: Tubarão (100), Braço do Norte (20), Laguna (17), Capivari de Baixo (17), Imbituba (15), Gravatal (9), Jaguaruna (9), Armazém (5), São Ludgero (5), Pescaria Brava (5), Pedras Grandes (5), Imaruí (4), Sangão (4), São Martinho (3), Rio Fortuna (3), Grão-Pará (2) e Santa Rosa de Lima (1). A covid-19 causou 3.139 mortes em todo o Estado.

Fonte: Diário do Sul

Open chat
Entre em contato conosco! =)