site loader
29 de abril de 2021 Próspera: Time da Raça garante vaga na quarta divisão do Brasileirão

“Arerê, o Próspinha vai jogar a Série D!” foi o canto que embalou a festa dos jogadores do Próspera no vestiário após a eliminação nas quartas de final do Campeonato Catarinense. É que apesar da derrota para o Avaí, a vitória do Brusque em cima do Joinville e da Chapecoense sobre o Hercílio Luz garantiram o Time da Raça no Campeonato Brasileiro da Série D de 2022.

A vaga veio com o sexto lugar na classificação geral do Catarinense, somando os pontos conquistados na primeira e segunda fase. Segundo o regulamento do estadual, carimbariam o passaporte para a Série D do Brasileirão as três melhores equipes na competição, sem considerar os times que já possuem vagas nas séries A, B ou C do campeonato nacional.

Como a Chapecoense está na Série A, o Avaí e o Brusque na Série B, as vagas na Série D ficaram para Marcílio Dias, Juventus e Próspera. Esta será a primeira vez que o Time da Raça disputa uma competição nacional em sua história. “Internamente a gente buscava isso também. A gente não podia passar muita coisa para fora. O Próspera é um time que ficou muito tempo fora da divisão principal do Catarinense e o nosso objetivo era permanecer. Com os resultados, a gente foi conseguindo crescer e quando vimos estávamos classificados e com a permanência garantida no Catarinense garantida”, comemorou o auxiliar técnico Luciano Almeida, que comandou o time na última partida no estadual.

A ida para a Série D coroa o bom desempenho da equipe no Catarinense depois de 14 anos sem disputar a elite em Santa Catarina. “Hoje somos um time aguerrido, é o verdadeiro Time da Raça, que não se entrega nunca, busca o gol do primeiro ao último minuto. Essa é a nossa virtude. Time humilde, que sabe dos seus limites. Acho que isso é o principal fator que nos trouxe até aqui”, destacou Almeida.

Outra dúvida agora é em relação ao futuro da comissão técnica do Próspera. Sem calendário pelo menos até o segundo semestre, o Colorado Esquadrão deverá dispensar os jogadores e começar a planejar o futuro. Paulo Baier e Luciano Almeida ainda não sabem se permanecerão no clube. “Agora a gente vai sentar com a direção, ver qual é a posição do clube, se vai disputar alguma competição no segundo semestre. Se sim, a gente senta e conversa. Eu sou auxiliar do Paulo e temos que ver se ele vai receber alguma proposta para sair ou ficar. Mas estamos tranquilos. A gente está de cabeça boa, fizemos um bom trabalho, deixamos o Próspera na primeira divisão e fizemos umas quartas de final contra uma excelente equipe, com investimento e qualidade maior. Estão todos de parabéns e agora é aproveitar para descansar”, pontuou o auxiliar.

Fonte: Engeplus

Open chat
Entre em contato conosco! =)