site loader
25 de janeiro de 2022 Preço médio da gasolina volta a subir pela segunda semana consecutiva, diz ANP

Ainda segundo a Agência, o preço do diesel também aumentou. As altas continuam duas semanas após a Petrobrás anunciar o reajuste no valor dos dois combustíveis

O preço médio da gasolina comum no Brasil apresentou alta pela segunda semana consecutiva. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgados nesta segunda-feira (24).

Cerca de 4,8 mil postos de combustíveis no país foram consultados e os valores correspondem ao período de 16 a 22 de janeiro.

Na semana do dia 2 de janeiro, o combustível custava, em média, R$ 6,596, já na do dia 16 de janeiro, o valor chegou a R$ 6,664, apresentando um pouco mais de 1% de crescimento no período.

O Rio de Janeiro foi o estado que registrou o preço médio mais caro para o combustível em todo o país: R$ 7,202. Em seguida vêm os estados de Goiás (R$ 7,145), Rio Grande do Norte (R$ 7,074) e Acre (R$ 7,060).

O diesel também apresentou alta significativa nos valores, no mesmo período. No início de janeiro, o combustível custava R$ 5,336 e, na última divulgação, chegou a registrar o preço médio de R$ 5,582. Um aumento de 4,6%.

A alta dos preços vem após o anúncio da Petrobrás, no último dia 11, de que faria um reajuste no preço de venda da gasolina e diesel para as distribuidoras. Depois de 77 dias sem aumentos, a estatal estabeleceu o preço médio de venda da gasolina para as distribuidoras de R$ 3,09 para R$ 3,24 por litro, alta de 4,85%. Para o diesel, o preço médio de venda da Petrobras passou de R$ 3,34 para R$ 3,61 por litro. Os valores começaram a valer no dia 12 deste mês.

O Gás Natural Veicular (GNV) também sofreu reajuste no valor. No início do ano, o GNV custava R$ 4,435 em 361 postos. Atualmente, o combustível atingiu o preço médio de R$ 4,456 em 362 postos de combustíveis.

Fonte: CNN BRASIL

Open chat
Entre em contato conosco! =)