site loader

A Prefeitura de São Paulo pediu a penhora dos bens do cantor e compositor Roberto Carlos por causa de uma dívida de IPTU de aproximadamente R$ 45 mil. A informação é do colunista do UOL Rogério Gentile.

O IPTU é referente a um imóvel no Cambuci, local em que funciona um restaurante do cantor Ed Carlos. Em 2005, época em que Ed sofreu um acidente vascular cerebral, a dona do imóvel pediu o prédio de volta, rescindindo a locação. Ao ficar sabendo, Roberto Carlos comprou o edifício para ajudar o amigo. 

A prefeitura já havia entrado na justiça para cobrar dez prestações não pagas do IPTU de 2018. Em março deste ano, Roberto fez um acordo de parcelamento da dívida e apresentou comprovante da primeira parcela. De acordo com a prefeitura, no entanto, as prestações seguintes não foram quitadas. 

Em nota enviada ao UOL, a assessoria de Roberto Carlos disse que a dívida é do inquilino, que as parcelas serão pagas e que os bens do cantor não serão penhorados. O pedido da prefeitura ainda não foi analisado pela Justiça. 

Fonte: Revista Consultor Jurídico

Open chat
Entre em contato conosco! =)