site loader
18 de agosto de 2021 Polícia alerta para golpe após furtos na região

Pela terceira vez em menos de um mês, um veículo foi furtado na região e os bandidos pediram resgate para devolvê-lo.

O caso mais recente ocorreu em uma empresa do bairro Rio Bonito, em Braço do Norte. Segundo o proprietário, o furto foi na madrugada dessa segunda-feira e parte da ação dos bandidos foi registrada pelas câmeras de segurança. Eles chegaram ao local em um carro e dois suspeitos saltaram do automóvel. A dupla foi até uma porta, aos fundos da empresa, arrebentou um cadeado, entrou no local e, depois, fugiu com a Mercedes-Benz L-1620.

No mesmo dia do crime, a vítima recebeu algumas ligações de números privados. Do outro lado da linha, bandidos exigiam resgate para devolver o caminhão. A Polícia Militar foi acionada e registrou um boletim de ocorrência. Até a tarde de ontem, o caminhão e os autores do crime ainda não tinham sido localizados.

“Após o furto, já recebi diversos telefonemas de pessoas falando que estão com o caminhão e que só farão a devolução dele se houver algum pagamento. Mas a gente não tem como saber se realmente foram os ladrões ou se são outras pessoas tentando aplicar um golpe”, explicou a vítima ao DS.

O delegado Éder Matte, que acompanha o caso, pede para que as vítimas de furto não cedam aos bandidos e evitem fazer qualquer tipo de pagamento. “O ideal é procurar a polícia, registrar o boletim de ocorrência e não fazer nenhum pagamento. Sabemos de casos em que golpistas pegam os telefones das vítimas na internet e fingem ser os autores do furto, praticando um outro crime, se aproveitando da situação”, ressalta o delegado.

CASOS SE REPETEM

No início deste mês, um caminhão Munck foi furtado do pátio de uma empresa do bairro Vila Esperança, em Tubarão. O proprietário ficou sabendo do furto após receber a ligação de um homem que exigia um depósito em conta para devolver o veículo. No fim de julho, um morador de Orleans teve a moto furtada, na comunidade de Barracão. No mesmo dia, um homem ligou para o proprietário pedindo R$ 5 mil de resgate. Segundo a polícia, na época, a vítima chegou a fazer dois depósitos de R$ 1 mil.

Fonte: Diário do Sul

Open chat
Entre em contato conosco! =)