site loader

Foto: Reprodução Redes Sociais

Líder da Igreja Mundial do Poder de Deus chegou até a vender feijões que, supostamente, curariam a doença

Após a morte de Vanderley Santiago, por Covid-19, na segunda-feira (28/6), em São Carlos (SP), o pastor da Igreja Mundial do Poder de Deus, Valdemiro Santiago, que é irmão da vítima, decidiu se vacinar contra a Covid-19. No começo da pandemia, o religioso ficou famoso por vender sementes de feijão sob o argumento de que o alimento curava a doença.

Valdemiro, que é declaradamente simpatizante ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), também convocava, em épocas de pico da crise sanitária no estado de São Paulo, cultos lotados, causando inúmeras aglomerações.

Apesar da manifestação de intenção em tomar o imunizante, Santiago disse ao portal ACidadeON São Carlos que não confia na vacina: “Vou me vacinar, com certeza. Não que eu confie na vacina, só confio em Deus. Até porque eu devo obediência também, não é?”

Morte para a Covid-19

Vanderley testou positivo para a doença depois de ter tomado a primeira dose da vacina contra a Covid, em 16 de junho.

Fonte: Metrópoles

Open chat
Entre em contato conosco! =)