site loader
12 de maio de 2021 Panfletos com mensagens apocalípticas são recolhidos pela PM de Orleans

Cerca de 50 panfletos com mensagens de cunho religioso e apocalíptico foram recolhidos pela Polícia Militar de Orleans. Os folhetos foram colocados em carros de uma rua no Centro do município, nas redondezas da igreja matriz Santa Otília e de um supermercado.

Um morador que passou pela rua 15 de Novembro observou os folhetos e chamou pela PM. Os agentes recolheram os papéis e registraram um boletim de ocorrência, apontando que os panfletos poderiam “provocar alarme, anunciando desastre ou perigo inexistente, ou praticar qualquer ato capaz de produzir pânico ou tumulto”. Os policiais tentaram verificar imagens de câmeras da rua onde os panfletos foram deixados, mas eles não conseguiram identificar quem teria espalhado os papéis.  

Os panfletos pedem que as pessoas tenham cuidado com um “projeto do anticristo”, de documentação eletrônica, alegando que um microchip será implantado na mão direita ou na testa com o número do CPF, RG ou CNH, sugerindo tratar-se da “marca da besta”. Além disso, acrescenta que quem não aceitar “fará parte automaticamente do povo de Deus”. O texto sugere ainda que as pessoas devam viver como indigentes. “Não é fácil, mas será por pouco tempo, e a essa altura é a alternativa que nos resta”, diz. Alguns versículos do livro bíblico de apocalipse são citados ao longo do texto, que lança diversas ameaças referentes a um “governo do anticristo”.

O morador que chamou pela PM não soube dizer quem estava distribuindo os cartazes e o caso foi encaminhado para a Polícia Civil. Segundo o delegado Fernando Henrique Guzzi, a PC não vai instaurar um inquérito para investigar o caso, porque o fato “não chegou a causar alarme e tampouco seria capaz de provocar pânico ou tumulto”. O delegado ainda salientou “que a tentativa de contravenção penal não é punível (artigo 4º da Lei de Contravenções Penais), bem como que a conduta não se enquadra ao delito previsto no artigo 20 da lei 7.716/89 (crime de racismo religioso)”.

Open chat
Entre em contato conosco! =)