site loader
4 de novembro de 2021 Mulher suspeita de simular o próprio sequestro em SC para extorquir família do RS tem prisão preventiva decretada

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Parentes de Santa Cruz do Sul chegaram a enviar R$ 6 mil para o resgate antes de polícia descobrir a farsa. Outros três homens detidos tiveram a prisão em flagrante convertida para preventiva.

Suspeita de simular o próprio sequestro para extorquir dinheiro da família, uma mulher de 29 anos teve a prisão preventiva decretada pela Justiça nesta quarta-feira (3), após audiência de custódia. Ela foi encontrada pela Polícia Civil na madrugada de terça-feira (2), em um motel em Florianópolis, depois de pedir R$ 10 mil para parentes que moram no Rio Grande do Sul como resgate. O g1 não conseguiu contato com a defesa da presa.

Em uma chamada de vídeo, a mulher aparece amarrada e sofrendo supostas agressões de outros três homens. A polícia, no entanto, encontrou tinta vermelha e outros objetos que possivelmente foram usados para simular o sequestro e ferimentos. O trio detido com a mulher também teve o flagrante convertido em preventiva.

Segundo decisão assinada pelo juiz Mônani Menine Pereira, o objetivo do grupo era levantar uma quantia para quitar dívidas do vício em drogas. Assim, os indiciados foram até um motel no Norte da Ilha de Santa Catarina e criaram a farsa com tinta vermelha e lacres.

Durante as ameaças, a família, que é de Santa Cruz do Sul, chegou a repassar R$ 6 mil aos supostos sequestradores, mas também procuraram a polícia do município para denunciar o fato.

Os quatro presos foram autuados pelo crime de extorsão.

Fonte: G1 SC

Open chat
Entre em contato conosco! =)