site loader
6 de outubro de 2021 Mulher com doença degenerativa opta por eutanásia na Colômbia

Foto: Reprodução

Martha Sepúlveda sofre de esclerose lateral amiotrófica, mas não tem quadro terminal. “Deus não quer me ver sofrer”, disse

Uma mulher que sofre de uma doença degenerativa será submetida a eutanásia, mesmo sem ser paciente terminal, em caso inédito na Colômbia.

Martha Sepúlveda sabe que vai morrer daqui a cinco dias – mesmo assim, sorri. Acompanhada do filho e da equipe de reportagem da TV Caracol, da Colômbia, ela toma cerveja e come guacamole em um restaurante de Medellín.

“Desde que autorizaram o procedimento estou mais tranquila. rio mais, durmo melhor”, disse.

Martha sofre de esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa, diagnosticada há três anos. Mas no final do ano passado, as dores se tornaram insuportáveis e ela parou de andar.

Católica, Martha escolheu o próximo domingo (10) como dia de partir, e diz que não vê contradição entre fé e eutanásia.

“Do ponto de vista espiritual, estou muito tranquila. Acredito muito em Deus. Deus não quer me ver sofrer. Nenhum pai quer ver seus filhos sofrerem”, afirmou.

Aos 51 anos, Martha será a primeira paciente não terminal a ser submetida a eutanásia na Colômbia. O direito à morte assistida foi ampliado pela Suprema Corte do país no último mês de junho.

Vídeo: Reprodução Jornalismo Band

Fonte: BAND

Open chat
Entre em contato conosco! =)