site loader
22 de dezembro de 2020 Movimento na temporada deve ser até 15% menor no litoral

Estamos oficialmente no verão. Com isso, a procura pelo Litoral cresce. No entanto, por conta da pandemia, cidades como Laguna e Imbituba, onde há maior concentração de veranistas na região, deverão ter movimentação menor se comparada ao mesmo período do ano passado.

De acordo com o secretário de Turismo de Laguna, Evandro Flora, estima-se que a movimentação fique em torno de 85%. “A maior concentração deverá acontecer na região do Mar Grosso. Este público é de veranistas da Amurel que possuem apartamento, e cada um ficará no seu espaço, evitando aglomerações”, estima o secretário.

Para evitar a proliferação do vírus e a aglomeração de pessoas, Evandro conta que algumas decisões foram efetivadas. “Dentre elas, no Mar Grosso, uma das pistas da orla será fechada, com passagem apenas para pedestres e ciclistas. A outra será disponibilizada para passagens de veículos em mão dupla. Além disso, será proibido estacionar no local”, informa Evandro.

Paralelo, foi realizada a contratação de seguranças privados e grades de contenção para o fechamento de parte da beira-mar. “Também não queremos aglomeração com veículos e caixas de som. Contaremos também com o apoio das forças de segurança”, diz.

Em Imbituba, ações semelhantes foram tomadas, como a decisão de que restaurantes possam atender apenas a 50% da capacidade. “Na Praia do Rosa, onde há maior concentração de pessoas de quinta-feira a domingo, poderão estar no local apenas moradores e pessoas que estejam hospedadas”, informa o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Giovane Pereira.

Sobre a movimentação, Giovane avalia que seja a mesma comparada aos anos anteriores, porém haverá restrições de acessos e medidas que devem ser respeitadas pelos visitantes.

Ainda em Imbituba, nas praias, também ficam proibidos o uso de caixas de som e a apresentação de músicos em tendas localizadas na faixa de areia. A critério da administração pública, para reduzir possíveis aglomerações, poderá haver o controle de acesso a estabelecimentos, a instalação de barreiras sanitárias e até o fechamento temporário das vias públicas.

Fonte: Diário do Sul

Open chat
Entre em contato conosco! =)