site loader

Luiz Bacci e a Record TV foram condenados e terão que pagar R$ 50 mil a um homem que foi acusado em uma reportagem do ‘Cidade Alerta’ de abusar sexualmente e depois assassinar a enteada.

Após a exibição da matéria, ficou comprovado que a criança morreu por causa de uma infecção pulmonar.

Segundo o Uol, a decisão da indenização veio da 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, que manteve, por unanimidade, a condenação original da juíza Melissa Bertolucci.

A relatora do caso apontou que a Record e o apresentador excederam o direito à liberdade de informação ao se referir ao autor como “monstro cruel”.

Fonte: ISTOÉ

Open chat
Entre em contato conosco! =)