site loader
29 de outubro de 2021 Jovem que tirou foto no velório do pai se defende: ‘Ele se orgulharia’

Foto: Reprodução/Instagram/Jayne Rivera

Jayne Rivera é uma influenciadora dos EUA e sofreu uma onda de ódio após publicar as imagens um tanto sensuais no evento

A influenciadora norte-americana Janye Rivera se defendeu após sofrer uma onda de ódio online por publicar algumas fotos um tanto sensuais na frente do caixão fechado do pai. “Ele ficaria orgulhoso de mim”, disse ela

Inicialmente, as fotos viralizaram de forma anônima em fóruns como o Reddit. As imagens mostraram Jayne com um modelito na frente do pai morto.

As hashtags indicavam ainda que ele era veterano de guerra e sofria de transtorno do estresse pós-traumático.

Após a onda de ódio, Jayne, que mora em Miami e tem 20 anos, veio a público se defender das acusações de que foi insensível à morte do pai, José Antonio Rivera.

Em entrevista à NBC News, Jayne afirmou ter “entendido a reação negativa” após a publicação das fotos, mas insistiu que não tem nada errado com elas.

“Não há nada de errado com o que postei, e mantenho isso”, disse ela

Jayne, que também é modelo fitness, disse ainda que o “pai teria aprovado se ele ainda estivesse vivo”

“Tratei a celebração [funeral] como se meu pai estivesse bem ao meu lado, posando para a câmera, como já fiz em várias ocasiões antes”, completou ela

Ela afirmou que o Instagram desativou a conta dela “sem nenhum motivo” — e até o momento permanece suspensa

Fonte: R7

Open chat
Entre em contato conosco! =)