site loader
6 de setembro de 2021 Independência: escolas realizam suas celebrações

Mesmo sem desfile cívico por conta da pandemia de coronavírus, as escolas da região homenagearam, de alguma forma, a independência do Brasil. Em Tubarão, as unidades escolares iniciaram as celebrações à Pátria na semana passada e seguem nesta segunda e terça-feira.

Na EMEB Arino Bressan, várias atividades comemorativas foram realizadas com os alunos. Segundo a diretora Ediana Medeiros Soares, não se pode deixar essa tradição morrer, uma vez que é o segundo ano consecutivo sem desfile cívico na cidade devido à pandemia de covid-19. “Mesmo ainda estando em um momento de pandemia, estamos comemorando em nossa escola a Semana da Pátria, respeitando os protocolos sanitários. Não podemos deixar morrer essa tradição tão importante para o futuro dos nossos estudantes. Nosso intuito é incutir nas crianças e jovens o respeito à Pátria, tornando-os, assim, cidadãos mais conscientes de seus direitos e deveres”, aponta Ediana.

Apesar de a escola dar mais ênfase ao respeito e homenagem à Pátria esta semana, fora e dentro de sala de aula, a diretora explica que durante todo o ano são feitas homenagens. “São cantados os hinos alusivos ao país, ao Estado e ao município durante todo o ano letivo. Acreditamos que em 2022 conseguiremos comemorar a data com o tradicional desfile no Centro da cidade, no qual a nossa escola sempre se apresenta brilhantemente”, ressalta Ediana.

A EMEB Arino Bressan é uma das escolas da rede municipal de Tubarão contempladas com o projeto Educação, do Diário do Sul.

Dia da Independência

A independência do Brasil aconteceu em 1822, tendo como grande marco o grito da independência que foi realizado por Pedro de Alcântara (D. Pedro I durante o Primeiro Reinado), às margens do rio Ipiranga, no dia 7 de setembro de 1822. Com a independência do Brasil declarada, o país transformou-se em uma monarquia com a coroação de D. Pedro I.

Fonte: Diário do Sul

Open chat
Entre em contato conosco! =)