site loader
8 de fevereiro de 2021 Homem morre após fazer resgate em Imbituba

Um ato heróico terminou com a morte do soldado da Brigada Militar Luís Fernando de Abreu Fagundes, de 41 anos. Ele faleceu vítima de afogamento após salvar o filho e a sobrinha na Praia do Rosa, em Imbituba, onde estavam de férias.

O afogamento ocorreu por volta do meio-dia de sábado, na lagoa que fica na Praia do Rosa. Ele estava com a família no local quando foi surpreendido e arrastado pela água devido à ressaca e à maré alta registradas na região.

Luís conseguiu salvar o filho e a sobrinha, mas a força do mar o puxou para o fundo. A área não tem serviço de guarda-vidas, mas os socorristas foram até a lagoa e iniciaram as buscas. Segundo os bombeiros, ele permaneceu submerso por cerca de uma hora.

Luíis trabalhava em Canoas, no Rio Grande do Sul, mas estava passando as férias na região. Em nota, a Brigada Militar lamentou a perda, contou que ele era soldado desde 2006 e atuava na 3ª Companhia, em Canoas. Nas redes sociais, colegas de profissão também se manifestaram. O velório, seguido de sepultamento, ocorreu ontem à tarde, na cidade em que ele morava.

Essa é a terceira morte por afogamento registrada na região desde o início da operação Veraneio, em 18 de dezembro de 2020. Um jovem de 18 anos faleceu em Garopaba, e um homem de 60, em Jaguaruna. No ano passado, durante toda a operação, foram seis mortes por afogamento, desde Garopaba até Jaguaruna.

Fonte: Diário do Sul

Open chat
Entre em contato conosco! =)