site loader
5 de agosto de 2022 Homem é condenado em Júri realizado em São Ludgero

Um homem acusado de conduzir um carro roubado e causar um acidente, provocando a morte de duas pessoas, foi condenado a 20 anos e cinco meses de prisão em regime inicial fechado. O comparsa dele, que também estava no carro durante a batida, foi absolvido. A decisão foi tomada após júri popular realizado em São Ludgero.

O acidente ocorreu em outubro de 2014. Romoaldo Moreira, de 51 anos, que dirigia a Ecosport, e a cunhada dele, Claudecira Santos da Silva, de 37 anos, morreram no local do acidente. Os dois acusados estavam em uma Hilux com registro de furto quando bateram de frente, durante uma fuga policial, com o carro onde as vítimas estavam. Segundo denúncia do Ministério Público, a dupla chegou a atingir 160 km/h durante a fuga. Com o impacto, segundo laudo pericial, a Ecosport foi arrastada por dez metros.

Fonte: Diário do Sul

Open chat
Entre em contato conosco! =)