site loader
25 de fevereiro de 2021 Governo do Estado amplia leitos de terapia intensiva e de retaguarda em Santa Catarina

O Governo de Santa Catarina trabalha intensamente no enfrentamento à pandemia da Covid-19. Diversas frentes de autuação estão em andamento para dar assistência aos catarinenses, uma delas é a expansão da rede de atendimento aos pacientes. Nos últimos 30 dias, houve a pactuação para a ampliação de mais 220 leitos clínicos de retaguarda e 130 leitos de terapia intensiva em diversas regiões do estado.

Além dos 165 leitos de retaguarda divulgados na terça-feira, 23, houve a pactuação para ampliação de mais 55 novos leitos nas seguintes unidades: Hospital São Francisco, em Concórdia (15 novos); Hospital da Polícia Militar, em Florianópolis (10); Hospital Santa Luzia, em Ponte Serrada (10); Hospital e Maternidade Santo Antônio, em Guaramirim (10), e no Hospital São Luiz, em Campo Alegre (10).

Em relação aos leitos de terapia intensiva, além dos 110 divulgados no início da semana, outros 20 foram pactuados para o Hospital Regional do Oeste, em Chapecó. Além da pactuação destes leitos, o governador Carlos Moisés afirmou que, caso necessário, o Estado dispõe de R$ 600 milhões para ativação de leitos de UTI na rede privada.

Vacinas e respiradores enviados pelo Ministério da Saúde

Nesta quarta-feira, 24, o Estado recebeu, via Ministério da Saúde (MS), 107,7 mil doses da vacina AstraZeneca/Fiocruz e Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan. Os imunizantes já estão sendo encaminhadas aos municípios, para que seja dada a continuidade na imunização dos grupos prioritários. O Estado segue alinhado com o Plano Nacional de Imunização, porém dispõe de uma reserva de R$ 300 milhões para aquisição de vacinas, se necessário.

Fonte: Engeplus

Open chat
Entre em contato conosco! =)