site loader
27 de julho de 2021 Frio mobiliza municípios da região para ações

Equipes do governo do Estado e dos municípios estão mobilizadas para atuar no que for preciso com a chegada de uma nova onda de frio intenso a Santa Catarina. O alerta é para declínio acentuado na temperatura a partir de amanhã, em todas as regiões.

A Defesa Civil monitora a situação desde a semana passada. “Estamos acompanhando os modelos meteorológicos, com toda a estrutura de prontidão para dar o suporte aos municípios, caso necessário. É importante que as pessoas redobrem a atenção com os mais vulneráveis, incluindo os animais”, ressalta o governador Carlos Moisés.

Em Laguna, a prefeitura, por meio da Assistência Social e Habitação, ativou o plano de abrigamento provisório para pessoas em situação de rua.

O governo municipal solicita que estas pessoas procurem ou sejam encaminhadas ao Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), aberto para atendimento das 8h às 18h. A secretaria informa que, após este horário, será realizada uma busca ativa na cidade, oferecendo abrigo aos que aceitarem acolhimento.

Os agentes em trabalho realizarão procedimentos de atendimento, orientação social, triagem em saúde com exame de testagem rápida para covid-19 e encaminhamentos dos acolhidos.

Em Tubarão, o Gabinete de Gestão Integrada (GGI), grupo formado por gestores da prefeitura e diversos órgãos e entidades para tratar da segurança pública no município, criou ontem uma força-tarefa para oferecer acolhimento a moradores de rua durante a noite nesta semana.

O foco da força-tarefa é tentar encaminhar o maior número possível de pessoas em situação de rua para passarem a noite na instituição Associação João 3:16. Doações de cobertores e mantas para aqueles que recusarem o acolhimento e preferirem permanecer na rua serão feitas, no entanto, haverá insistência em casos de risco iminente de morte.

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Desenvolvimento Social, André Fretta May, destacou que as famílias atendidas receberam cerca de 500 cobertores, sendo que mais 300 serão entregues nos próximos dias.

Temperaturas baixas durante todo o dia

A meteorologista da Epagri/Ciram Marilene de Lima explica que o sistema trazendo a nova onda de frio intenso vem do Uruguai, se espalha pelo Sul e estará atuando no Estado já a partir de hoje.

Quanto ao frio, segundo a meteorologista, os modelos não são mais tão rigorosos, como vinham se desenhando na semana passada. Ainda assim, os próximos dias serão típicos de inverno, com temperaturas baixas em todas as regiões, formação de geada ampla e condições favoráveis à chuva congelada e até neve nas áreas mais altas do Planalto Sul e Meio-Oeste. Especialmente nestas regiões, as mínimas previstas podem chegar a -10ºC.

Marilene de Lima lembra que há poucos dias o Estado registrou um período de frio intenso semelhante, mas, dessa vez, ele será mais persistente ao longo do dia e essa condição é que vai dar a sensação de maior intensidade.

“O sol não vai conseguir fazer com que a temperatura se eleve, tanto que as máximas serão relativamente baixas durante o dia em todas as regiões e caem ainda mais à noite e madrugada. Se as temperaturas baixas já não são mais novidade, a persistência delas, com pouca elevação, será o mais impactante”, observa. De acordo com a meteorologia, o pico do frio será entre amanhã e quinta-feira.

Fonte: Diário do Sul

Open chat
Entre em contato conosco! =)