site loader

A fila de espera por leitos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão, zerou.

Ontem, pela primeira vez desde março, a unidade hospitalar não registrava nenhum paciente aguardando por uma vaga no setor. Há dois meses, o HNSC vivia uma situação complicada diante da fila de espera.

Para se ter uma ideia, nas primeiras semanas de abril, apenas no HNSC havia quase 20 pessoas na fila de espera para seguir com o tratamento especializado. Muitos acabavam sendo transferidos para outras unidades da região, que também seguiam sobrecarregadas pela alta demanda de doentes, na grande maioria, devido a complicações da covid-19.

De acordo com o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde de Tubarão, Daisson Trevisol, o dado significa que os números estão reduzindo, mas que também é preciso continuar em alerta. “Enquanto não acabar a pandemia não ficaremos tranquilos”, avalia Daisson.

Mesmo ainda com a taxa de ocupação de leitos de UTI alta, o Estado segue em redução de pacientes na fila de espera por um leito no setor. Segundo a Secretaria de Saúde de Santa Catarina, nas últimas semanas, foi intensificada a ampliação de leitos, como também ações de vigilância em saúde e maior conscientização da população, que colaboraram para a redução.

Fonte: Diário do Sul

Open chat
Entre em contato conosco! =)