site loader
3 de novembro de 2021 Estradas não foram bloqueadas na região devido as paralisações dos caminhoneiros

No segundo dia de mobilização dos caminhoneiros, não há bloqueios em rodovias federais nem em pontos logísticos estratégicos, segundo anunciou o Ministério de Infraestrutura, no Twitter, com base em informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com Riberto Lima, de Tubarão, presidente do Setram (Sindicato das Empresas de Logística e Transportes de Cargas da Região da Amurel), não houve
bloqueios de rodovias, “até porque os estados mais preocupantes possuíam liminares, autorizando desobstruir e a Justiça estipulou multa para quem
bloqueasse a estrada”, ressalta. Os sindicatos não apoiaram a mobilização.

Em Santa Catarina, segundo o presidente do Sinditac (Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas de Navegantes e Região), Vanderlei de Oliveira, a categoria se mobilizou na segunda-feira em pelo menos três municípios, no Norte do Estado, mas a Polícia Rodoviária informou que não houve bloqueio em nenhum ponto.

Segundo o Ministério de Infraestrutura, houve uma tentativa de bloqueio feita na segunda-feira na BR-116, no Rio de Janeiro, mas foi desfeita. “Cerca de 40 manifestantes aglomerados no km 276 da BR-116/RJ (Dutra), em Barra Mansa, tentaram interdição parcial da rodovia. A PRF interveio e retirou o grupo. Poucos ainda permaneceram no local. A rodovia está sem bloqueio e sem abordagem a caminhoneiros que seguem viagem”, disse a nota do ministério. A polícia também dispersou uma manifestação no Porto de Santos.

De acordo com o Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas (CNTRC), uma das entidades que convocou a mobilização dos caminhoneiros era contra a alta no preço dos combustíveis.

Fonte: Diário do Sul

Open chat
Entre em contato conosco! =)