site loader
18 de dezembro de 2020 Especialista da Sicredi lança conteúdo sobre o cenário de investimentos pós pandemia do Coronavírus

Mesmo com o impacto da crise sanitária provocada pelo Coronavírus, dados fornecidos pela área de análises econômicas do Banco Cooperativo Sicredi dão conta de que a recuperação da atividade econômica brasileira tem surpreendido. Mas é inevitável: a pandemia gera uma instabilidade que influencia o setor financeiro. Para o investidor ou quem deseja começar a investir, mais do que nunca é fundamental buscar a informação certa.

Pensando nisso Valdiclei Ribeiro Luiz, assessor de investimentos da Sicredi Sul SC, passou a produzir conteúdos em vídeo, por meio da série “Gente que pergunta, investe”, postada no canal da Sicredi Sul SC no Youtube. “Procuro adotar uma linguagem leve e simples”, explica Luiz.

Antes de olhar para 2021, refletir sobre 2020

Para o especialista, a melhor estratégia neste momento é analisar as principais mudanças no cenário econômico de 2020 e como elas poderão mudar as perspectivas de retorno no futuro. “O melhor caminho é construir alternativas que possam obter vantagens do cenário que estamos vivendo, no curto e no médio prazo, mas sem mudar as estratégias já construídas para o longo prazo”.  E ele justifica. “Pois por mais que haja fortes oscilações agora, a recuperação econômica sempre foi eficiente em crises. É o que nos mostra a história do mercado financeiro mundial”.

Mas e o que muda? Para ele, o primeiro passo continua sendo criar um fundo de emergência ou caixa de oportunidades. Caso já tenha um, pense em reforçá-lo. “Momentos como este nos fazem refletir sobre a real importância de se ter recursos com alta liquidez e boa segurança. Essas precisam ser as principais características de investimentos com esse objetivo”. O especialista afirma ainda que as modalidades mais recomendadas para isso são os produtos de renda fixa, como por exemplo, a poupança e o RDC. 

Investidores mais experientes devem ficar atentos

O assessor conta que a procura por investimentos com rendimentos superiores cresceu, principalmente por causa da queda na taxa Selic. Mas ele reforça que antes de mais nada, é fundamental conhecer o seu apetite a riscos, realizando ou revisitando a Análise de Perfil do Investidor. “Atraídos pela chance de ganho, muitos investidores acabam se frustrando com modalidades que apresentam perdas de capital. Justamente pela falta de autoconhecimento”, conta o profissional.

Cooperativismo, rentabilidade e solidez

Há mais de 118 anos, o Sicredi apoia quem deseja investir ou precisa de recursos para realizar sonhos ou projetos. Porém, mais do que usuários, a Instituição Financeira Cooperativa atua com associados que participam das decisões e resultados. E está no resultado um dos grandes diferenciais de investimento. “Quanto mais usa as soluções financeiras e investe na sua cooperativa, maior será o retorno anual do sócio. Isso pode garantir a ele uma rentabilidade superior”, explica Aloísio Westrup, presidente da Sicredi Sul SC.

Além das modalidades tradicionais de renda fixa e poupança, o portfólio da Instituição conta com fundos de investimentos que dão acesso a vários mercados, sejam investimentos em bolsa brasileira, bolsa americana, juros e moedas. E até estratégias de aposentadoria como planos de previdência privada.

Mais que um amplo portfólio, possibilidade de rentabilidade superior por causa dos resultados da cooperativa e atendimento consultivo, a Instituição também reforça seus mecanismos de proteção dos investimentos dos associados. “O fundo de reserva, a solidariedade entre as cooperativas e o Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito, que é igual ao dos bancos, são algumas das frentes que garantem solidez, aspecto tão importante ao investidor”, completa Erli Silveira Lima, diretor executivo da Sicredi Sul SC.

Colaboração: Giovana Pedroso

Open chat
Entre em contato conosco! =)