site loader

Um motociclista, de idade ainda não divulgada, morreu nesta quarta-feira, dia 23, em Criciúma, após uma colisão envolvendo trem. O acidente aconteceu por volta das 12h30, no bairro Vila Francesa, na rua João Colombo. Conforme informações da Polícia Militar, a vítima chegou a ser socorrida pelo Samu, mas faleceu a caminho do hospital. A moto tem placa de Criciúma.

A Ferrovia Tereza Cristina, por meio da assessoria, informou que o acidente ocorreu por conta de uma imprudência. “Câmeras de segurança de imóveis próximos ao local registraram o momento em que o trem já estava na passagem em nível e que, em um dos sentidos da pista, veículos aguardavam para cruzar a linha férrea com segurança, enquanto o motociclista, inadvertidamente, seguia para cruzar a PN.  Em seguida, as imagens mostram o condutor da moto, ao que parece, tentando evitar o acidente, deitando a moto, mas ainda assim, pela velocidade que desenvolvia, não conseguiu evitar a colisão com o vagão.  O maquinista apitou e aplicou os freios, cumprindo todas as medidas de segurança exigidas, mas não conseguiu impedir o acidente, acionando imediatamente as equipes de socorro para o atendimento ao motociclista”, disse em nota.

A Ferrovia fez ainda um alerta de atenção para a população que mora ou transita nas proximidades da linha férrea. “O abalroamento de uma moto no vagão do trem, da Ferrovia Tereza Cristina, na Passagem em Nível (PN) do Km 03+540, no Bairro Vila Francesa, em Criciúma, resultou em uma fatalidade. O motociclista, não observou às placas indicativas na PN, que possui boa visibilidade e é sinalizada de acordo com as normas legais vigentes”. Em nota, a empresa ainda informou que a passagem em nível é equipada com a devida sinalização ferroviária (sinais sonoros e luminosos) permitindo aos condutores boa visibilidade das composições, o que torna o acidente um ato imprudente do condutor rodoviário, por violar as leis do Código de Trânsito Brasileiro, art. 212, que diz ser infração gravíssima não parar o veículo antes de transpor a linha férrea. A Ferrovia Tereza Cristina lamenta o ocorrido e informa que registrou Boletim de Ocorrência para que as autoridades competentes possam apurar os fatos”, concluiu.

Fonte: Engeplus

Open chat
Entre em contato conosco! =)