site loader
29 de outubro de 2020 Cidades se preparam para tentar conter aglomerações

A partir de amanhã, muitas pessoas já estarão se preparando para o feriado prolongado. Para muitos, mesmo com a pandemia, o litoral será destino. Antecipando ações para coibir aglomerações, cidades com maior movimento, como Imbituba e Laguna, se organizam para atuar durante os próximos dias.

Em Imbituba, a prefeitura proibiu a permanência e concentração de pessoas na faixa de areia de praias e entornos de rios e lagoas. Além disso, a fiscalização será redobrada devido ao feriado de Finados. O decreto com as novas medidas segue até o dia 6 de novembro, visando evitar aglomerações para conter o avanço de casos de covid-19.

Além disso, as equipes da secretaria de Saúde farão, durante todo o feriado prolongado, iniciando amanhã até segunda-feira, uma força-tarefa para fiscalizar as regiões mais movimentadas do município. Apenas os esportes individuais estão liberados na orla, de acordo com atual decreto do governo do Estado.

A Praia do Rosa, que registrou aglomeração de pessoas no último dia 12, feriado de Nossa Senhora Aparecida, terá uma ação concentrada dos fiscais da prefeitura. “A gente vai fazer barreira sanitária novamente e a Polícia Militar, instituição que sempre nos apoia, fará blitz da Lei Seca para controlar os motoristas”, diz a secretária de Saúde, Graciela Wiemes Ribeiro.

Segundo o prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, desde a semana passada, o município vem alinhando as ações sanitárias para os próximos dias. “Junto com a Polícia Militar, estamos programando as novas ações. A PM estará com o seu efetivo ampliado, assim como o nosso setor de fiscalização e trânsito. Também estamos em contato com o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Polícia Civil, para termos uma grande força-tarefa na fiscalização em nosso município”, reforça Rosenvaldo.

Em Laguna, a situação também é analisada. De acordo com o secretário de Turismo e Lazer da cidade, Evandro Flora, hoje deve acontecer uma reunião com representantes das forças de segurança e saúde para determinar as ações. “Estaremos alinhados para atuar no que for necessário”, afirma o secretário.

Polícia atuará para evitar aglomerações

De acordo com o comandante da PM de Imbituba, o tenente-coronel Luís Carlos Cruz dos Santos, a fiscalização das normas sanitárias na cidade está sendo feita principalmente pela vigilância sanitária do município e demais fiscais, com o apoio da Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiro Militar, quando necessário. A Polícia Militar tem foco principal na prevenção de crimes contra a vida e patrimônio, ou seja, homicídios, latrocínios, roubos, furtos, tráfico de drogas, entre outros crimes que afligem a população. “As fiscalizações serão feitas buscando se antecipar a formação de aglomerações. Todos os órgãos envolvidos trabalharão na orientação e fiscalização. Pedimos o bom senso e consciência dos cidadãos”, solicita o comandante.

Fonte: Diário Do Sul

Open chat
Entre em contato conosco! =)