site loader
1 de dezembro de 2020 BN: Plano para implantação de leitos de UTI é apresentado

O prefeito de Braço do Norte, Beto Kuerten Marcelino, recebeu na manhã de ontem o plano de trabalho para a elaboração do convênio para a utilização dos R$ 2 milhões, disponíveis para a implantação dos leitos de UTI no Hospital Santa Teresinha (HST). A expectativa é que, com todos os trâmites concluídos, em 18 meses a UTI esteja em funcionamento.

Com a entrega do plano de trabalho, a equipe da Procuradoria Jurídica da prefeitura elabora o convênio, no valor de R$ 2 milhões, que será enviado para a apreciação dos vereadores. Após aprovado e assinado, o HST poderá dar início à utilização do recurso, que será pago conforme as medições da construção, avalizados por engenheiro fiscal nomeado pela prefeitura, sendo servidor público municipal, até fechar o montante de R$ 2 milhões.

O plano foi entregue durante reunião com o presidente do HST, Pedro Michels Neto, o diretor geral Vitor Abitante e o diretor técnico, José Nazareno Goulart Junior. O anúncio da disponibilidade de recursos para a UTI aconteceu em 31 de maio deste ano. Os R$ 2 milhões reservados para o HST são fruto do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus.

Braço do Norte recebeu R$ 4.123.784,00, desses, R$ 484.474,00 são de uso obrigatório no enfrentamento à covid-19. O restante foi enviado para cobrir a queda da receita municipal, porém, como o município está com sua saúde financeira preservada, foi possível honrar o compromisso com o HST.
“Este era um compromisso que tínhamos com a população. Não utilizaremos estes recursos para pagar contas, mas sim para investir neste sonho”, explica o prefeito.

Unidade conta com cobertura regional

Solicitada há muitos anos pela comunidade, a vinda dos leitos de UTI do HST aguarda a finalização da unidade hospitalar, que começou a ser construída no bairro Rio Bonito pela antiga diretoria da instituição. Porém, sabendo que a estrutura é muito grande e que o município e região têm urgência nos leitos, a nova diretoria do HST decidiu apresentar um projeto de ampliação da atual sede. O projeto já apresentado pelo HST tem ambulatório, Centro de Diagnóstico de Imagem (CDI), UTI e Agência Transfusional e leitos. A obra deverá ter em torno de 5.300 metros quadrados. A previsão é que a obra custe cerca de R$ 9 milhões. O HST tem cobertura regional, sendo conveniado com outros municípios do Vale do Braço do Norte.

Fonte: Diário do Sul

Open chat
Entre em contato conosco! =)