site loader

A lentidão das fábricas chinesas por causa da pandemia de covid-19 terá reflexos claros na Black Friday brasileira. A edição 2020 da tradicional data de promoções, marcada para esta sexta-feira (27), terá produtos eletroeletrônicos, carro chefe em todas os anos, com descontos mais baixos que em novembros anteriores e muitos itens que andavam parados nos estoques.

Isso porque as fábricas da China, maior fornecedora de insumos para as fábricas mundiais, reduziram a velocidade desde o início do ano, quando descobriram por lá a doença que pararia a economia global.

Além do atraso nas entregas, que dificultaram o planejamento e afetaram diretamente o caixa das varejistas nacionais, a alta do dólar complicou de vez a programação para a data que exige preços mais baixos que no restante do ano.

Fonte: R7

Open chat
Entre em contato conosco! =)