site loader
19 de abril de 2021 UFSC vai abrir processo disciplinar contra aluno que mostrou cenas de sexo durante aula online

UFSC vai abrir processo disciplinar contra aluno que mostrou cenas de sexo durante aula online

Foto: Reprodução

Professora afirma no vídeo que situação é ‘constrangedora’. Procedimento será aberto baseado em resolução do Conselho Universitário.

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) informou neste domingo (18) que vai abrir um processo disciplinar contra um aluno que estava com a câmera ligada durante uma aula online e mostrou cenas de sexo, que puderam ser vistas pela professora e demais estudantes. O responsável será julgado com base na Resolução Normativa número 17 do Conselho Universitário e pode ser advertido ou até expulso da instituição.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra as cenas de sexo enquanto a aula online ocorre, na sexta-feira (16). Em um dado momento, a professora fala sobre o desconforto causado pelas imagens.

“Não sei o que eu faço numa situação dessas. A única câmera ligada eu acho que é a câmera que não deveria estar ligada. É constrangedor, evidentemente. A gente está gravando, inclusive”, afirmou a professora. Em seguida, todos desconectaram, e a professora e os demais alunos recomeçaram em outra sala virtual.

Estudante com câmera ligada mostra cenas de sexo durante aula online da UFSC — Foto: Reprodução

Estudante com câmera ligada mostra cenas de sexo durante aula online da UFSC — Foto: Reprodução

O caso ocorreu durante uma aula do curso de administração. Em nota, a universidade chamou o episódio de “lamentável” e disse que o estudante já foi identificado.

A resolução normativa do Conselho Universitário no qual a investigação da falta disciplinar do aluno será baseada aborda advertência, repreensão, suspensão e eliminação como penas disciplinares. A norma institui como infrações atos contra a integridade física e moral da pessoa, contra o patrimônio ético, científico, cultural e material, e contra o exercício das funções pedagógicas, científicas e administrativas.

A nota oficial é assinada pela Coordenação do Curso de Graduação em Administração, Direção do Centro de Filosofia e Ciências Humanas e Pró-Reitoria de Graduação (Prograd). Caso o vídeo que está circulando nas redes sociais tenha sido divulgado por um aluno, esse estudante também estará sujeito a sanções.

Segundo a nota, a coordenação do curso, direção do centro e a Prograd “prestam total solidariedade à docente responsável pela disciplina, ao mesmo tempo em que irão requerer a abertura de procedimento para apurar não apenas a conduta do estudante, mas dos responsáveis pela divulgação do vídeo em que está configurada a infração disciplinar”.

Fonte: G1 SC

19 de abril de 2021 Pix vai parar por falta de dinheiro? Veja o que diz o BC

Pix vai parar por falta de dinheiro? Veja o que diz o BC

Sem verba há chances do novo sistema de pagamento do Banco Central parar de funcionar

Visando não estourar o teto dos gastos, o governo federal cortou o orçamento de tecnologia do Banco Central. A decisão pode impactar diretamente o Pix. De acordo com a colunista Miriam Leitão, do jornal O Globo, sem verba não há como o novo sistema de pagamento do BC funcionar, com isso ele pode ser paralisado.

O motivo, segundo o jornal, é que quem faz todo o processamento do Pix é o próprio Banco Central, ao contrário de outras formas de pagamento, como o DOC e TED que são feitos pelos sistemas dos bancos.

Procurada pela EXAME Invest, o Banco Central afirmou que os impactos no orçamento do BC serão administrados de modo a não prejudicar o Pix e sua agenda evolutiva. 

Desde seu lançamento, em novembro do ano passado, as transações do Pix somam mais de 278 bilhões de reais e mais de 393,6 milhões de transferências realizadas. Um dos próximos passos do PIX é a internacionalização do PIX, que permitirá a transferência em tempo real de recursos do Brasil para o exterior. A medida ainda está sendo estudada pelo BC. 

O jornal Globo afirma ainda que outro gasto cortado pelo governo foi para financiamento da agricultura familiar, o Pronaf. “São cortes indevidos em despesas discricionárias. A manobra do governo agora é colocar vários gastos acima do teto para não cortar as emendas, o fura-teto.”

Fonte: EXAME Invest

19 de abril de 2021 Em entrevista, Xuxa diz que gostaria de ser negra e causa polêmica nas redes sociais

Em entrevista, Xuxa diz que gostaria de ser negra e causa polêmica nas redes sociais

Bate-papo da apresentadora com Taís Araújo no ‘Superbonita’, do GNT, foi ao ar em março, mas só viralizou neste domingo

Rio – Um vídeo de Xuxa no programa “Superbonita”, exibido pelo GNT em março deste ano, viralizou nas redes sociais neste domingo. Na conversa com Taís Araújo, apresentadora da atração, Xuxa afirmou que gostaria de nascer negra em uma próxima encarnação.

“Taís, eu gostaria de vir com a sua cor, seu cabelo, sua pele”, disse Xuxa. Taís Araújo rebateu. “Ser preta não é mole não. Depois te conto o que é vir preta nesse país e nesse mundo”. Xuxa insistiu. “Eu ia me amar muito, ia me olhar no espelho toda hora”, afirmou. “Eu também me amo, mas o problema não sou eu. É o mundo lá fora”, explicou Taís Araújo. “Quando eu olho as pessoas com a cor da sua pele, o seu cabelo… Eu tenho pouco cabelo. Tenho uma pele que queria muito que fosse dourada, morena, negra. Se pudesse escolher, queria vir assim”, continuou Xuxa. “Pede pra vir com o espírito preparado pra aguentar bomba também”, finalizou. Taís.

O vídeo foi muito compartilhado no Twitter e o nome de Xuxa ficou entre os tópicos mais comentados. “A Taís foi muito paciente, eu teria deixado ela falando sozinha”, disse uma pessoa. “Alguém interdita essa mulher”, criticou outro internauta. “Cada vez sinto mais vergonha de ter crescido fã da Xuxa”, disse uma outra pessoa.

Fonte: O DIA

19 de abril de 2021 Rachel Sheherazade acusa Silvio Santos de assédio moral, diz site

Rachel Sheherazade acusa Silvio Santos de assédio moral, diz site

Foto: Reprodução/SBT

A jornalista estaria dizendo que foi humilhada em rede nacional pelo dono do SBT

Rachel Sheherazade está movendo uma ação milionária contra o SBT por direitos trabalhistas . Segundo o site Notícias da TV, a jornalista também acusa Silvio Santos de cometer assédio moral contra ela e diz que foi censurada na emissora. No processo, além de dizer que não teve seus direitos respeitados, a apresentadora também citaria que sofreu humilhação em rede nacional.

Os advogados de Sheherazade ressaltariam no processo uma situação ocorrida durante o prêmio Troféu Imprensa de 2017. A jornalista ganhou o Troféu Internet de melhor apresentadora de telejornal e diz que foi humilhada por Silvio Santos quando foi receber o prêmio. “Eu te chamei para você continuar com a sua beleza, com a sua voz, foi para ler as notícias, e não dar a sua opinião. Se quiser falar sobre política, compre uma estação de TV e faça por sua própria conta”, disse o dono do SBT.

A defesa da jornalista argumenta que foi um momento humilhante e constrangedor para a cliente. Os advogados também ressaltam que o empresário teve uma “atitude nitidamente machista, [que] colocou a figura feminina numa posição em que a beleza física é supervalorizada em detrimento dos atributos intelectuais”.

Outra situação que seria destacada no processo é quando Rachel Sheherazade foi afastada da TV por um pedido de Luciano Hang, dono da Havan . O empresário reclamou de críticas que a apresentadora fez a ele nas redes sociais. “Silvio Santos a afastou da apresentação do telejornal SBT Brasil, como nítida forma de punição em razão de seus comentários e opiniões, bem como reduziu seu espaço no ar”, diz o processo.

Ainda segundo o site Notícias da TV, Sheherazade pontua outra situação na qual teria sofrido censurada. Os advogados teriam anexado no documento um email trocado entre a cliente e José Roberto Maciel, CEO do SBT. A mensagem é de outubro de 2014, quando a jornalista fazia duras críticas a Dilma Rousseff, que concorria à reeleição presidencial. O executivo teria falado para a apresentadora revisar o posicionamento político na internet e reduzir o tom agressivo, pois a postura dela estaria envergonhando a ele e a outros colegas de trabalho.

Fonte: GENTE IG

19 de abril de 2021 Pastor de Alagoas que desejou morte de Paulo Gustavo será processado

Pastor de Alagoas que desejou morte de Paulo Gustavo será processado

De acordo com informações da coluna Fábia Oliveira, o processo será movido por grupos LGBTQIA+ e de direitos humanos do estado

Após uma declaração polêmica sobre o estado de Paulo Gustavo — que está internado em estado grave por Covid-19 —, o pastor da Assembleia de Deus de Alagoas, José Olímpio, será processado pelas instituições LGBTQIA+ e defensores dos direitos humanos do estado. As informações são da coluna Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

O boletim de ocorrência contra o líder religioso será feito na próxima terça-feira (20/4). A motivação foi uma postagem que o pastor fez na última quinta-feira (15/4), afirmando que, enquanto outros rezavam pela recuperação do humorista, ele orava “para que o dono dele o leve para junto de si”.

A declaração de José Olímpio faz referência ao fato de Paulo Gustavo ser homossexual. Após a repercussão negativa, o pastor excluiu a postagem e deixou seu perfil privado. Contudo, os prints já circulavam na web e geravam revolta.

Após o caso, o Grupo Gay de Alagoas (GGAL) e outras instituições do movimento publicaram uma nota de repúdio, falando sobre a urgência de que casos como este se enquadrem na tipificação de LGBTfobia.

A fala de José não chegou a ser bem vista nem mesmo por algumas instituições religiosas. Segundo o site O Fuxico Gospel, após a repercussão a conduta do pastor está sendo investigada pelo conselho de ética da igreja, o que pode afastá-lo do cargo por tempo indeterminado.

Além da declaração de Olímpio, muitos outros comentários de cunho homofóbico circulam na web, partindo de pessoas religiosas que condenam como pecado a orientação sexual de Paulo Gustavo.

Paulo Gustavo e Romeu

Reprodução/Redes Sociais

Fonte: METRÓPOLES

19 de abril de 2021 Começa a pavimentação nos acessos de Tubarão

Começa a pavimentação nos acessos de Tubarão

Teve início a pavimentação asfáltica do primeiro trecho das ruas de acesso à ponte Prefeito Paulo Osny May, que ligará a Vila Moema (margem direita) ao bairro Revoredo (margem esquerda), em Tubarão. O trecho pavimentado é toda a extensão da rua Norberto Pacheco dos Reis (entre a Socimed e o Clube de Campo).

O andamento das obras foi acompanhado pelo prefeito Joares Ponticelli e pelo secretário de Infraestrutura, Guilherme Daufemback. Na margem esquerda, a rua Padre Nóbrega ainda recebe os trabalhos de preparação da base com pedras do tipo macadame. Nos dois lados há trechos interditados ou destinados apenas ao trânsito local, o que exige paciência por parte dos motoristas e dos moradores.

As obras de pavimentação dos acessos da nova ponte sobre o rio Tubarão representam um investimento de R$ 2,5 milhões, além dos R$ 9 milhões referentes à ponte. O pacote incluiu a pavimentação asfáltica desde os fundos do Hospital Socimed até o cruzamento da rua Padre Nóbrega com a BR-101, calçadas, sinalização e adequação da rotatória na avenida Marcolino Martins Cabral, que terá o diâmetro reduzido para tornar o tráfego de veículos mais ágil.

Fonte: Diário do Sul

Open chat
Entre em contato conosco! =)