site loader
1 de abril de 2022 Assembleia: mais de R$ 34 milhões são destinados pelos cooperados da Cerbranorte Distribuição e da Geração

Neste ano especial, em que a Cerbranorte comemora 60 anos, cerca de 300 associados marcaram presença na Assembleia Geral Ordinária (AGO), realizada na noite desta quarta-feira, 30, no Centro Comunitário São Marcos, em Rio Fortuna. Essa foi a primeira assembleia da Distribuição e da Geração realizada pela nova diretoria das cooperativas, que assumiram há 5 meses. Na ocasião, os cooperados decidiram qual a destinação de mais de R$ 34 milhões em sobras.

Através do sistema de votação por cartões verde e vermelho, todos os itens da Ordem do Dia foram aprovados pela grande maioria dos presentes. Na ocasião ocorreu a prestação de contas dos Conselhos Administrativos e os pareceres da auditoria e dos Conselhos Fiscais referentes aos exercícios de 2021; também o demonstrativo das sobras apuradas no exercício de 2021 e a destinação das mesmas apuradas em 2018, 2019, 2020 e 2021.

Quanto à Cerbranorte Distribuição, o total de sobras apuradas em quatro anos foi de R$ 16.322.440,88, sendo que a proposta do conselho de administração era a destinação para o fundo de manutenção e a para expansão do sistema de distribuição. Com a aprovação, parte irá para a construção da linha de transmissão de energia em parceria com a Cegero. Avaliado em mais de R$ 60 milhões, o projeto das coirmãs promete dar mais qualidade e baratear a conta de energia ao longo dos anos. Os associados aprovaram também a previsão do investimento para 2022, no total de R$ 9,7 milhões, sendo  R$ 5 milhões para a expansão da subestação, e o restante para melhorias no sistema de distribuição.

O presidente da Cerbranorte Distribuição, Mayco Luiz Niehues, tranquilizou as entidades que recebem suporte mensal da cooperativa. Ele explicou que a verba repassada a elas provém de outro fundo e que já há garantias legais para a manutenção destes aportes. Segundo conta Mayco, logo que ele e Roberto assumiram, foram revistos os projetos e os valores repassados às entidades, que tiveram um acréscimo de R$ 12 mil por ano cada um. “Abrace a Apae”, “Energia em Rede”, “Cooperando com Arte” e “Bem Nutrir” são alguns dos projetos que se manterão em vigor, com o repasse continuando normalmente. “Concluímos nossa assembleia muito satisfeitos. Os associados tiveram ótima participação, foi bonito ver o salão cheio. É disso que a cooperativa precisa, pessoas que queiram o melhor para nossa Cerbranorte, que participem das decisões e que venham discutir conosco, para juntos fazer acontecer. Essa sempre foi nossa proposta, estamos de passagem por aqui, mas queremos dar nosso melhor sempre, pois nossos associados e municípios merecem”, comenta o presidente Mayco.

Associados da Cerbranorte GD aprovam contas e as propostas para destinação das sobras: 50% volta para o cooperado

Na assembleia da Cerbranorte Geração também foi apresentada a proposta do Conselho de Administração para doação dos repasses aos hospitais Santa Teresinha, de Braço do Norte e a Fundação Médica Social Rural, de Rio Fortuna, além da doação de placas solares para a Fundação Médica Social Rural, de Rio Fortuna, entre outros assuntos gerais. Os respectivos itens foram aprovados por grande maioria, assim continuarão em vigor até a próxima Assembleia Geral Ordinária, prevista para 2023.

Quanto às sobras da Geração, que davam um total de R$ 17.719.066,021, a proposta da diretoria era que 50% do montante voltasse para o associado através da fatura de energia, assim como determina o Estatuto da GD. “Esse valor corresponde a 50% do que foi arrecadado nos últimos quatro anos e está disponível”, lembra a presidente da Cerbranorte Geração, Valneide Exterkoertter, que faz questão de frisar que os associados apenas abonaram o que já diz o estatuto da entidade, nos artigos 51 e 52, que metade do que for levantado, deve ser aplicado no pagamento de uma fatura de energia. “Quando a Geradora foi constituída, tinha essa finalidade. Fazer com que o associado tivesse a energia mais barata. Acreditamos que o valor destinado, esses quase R$ 9 milhões, sejam suficientes para quitar um mês de energia da Cerbranorte Distribuição”, calcula. O mês que essa conta será paga e a forma que o cálculo será feito ainda não foram definidos, mas deverão ocorrer até o mês de agosto, conforme consta no estatuto.

O restante das sobras, no total de R$ 8.841.813.95  foram divididos da seguinte forma: R$ 5,5 milhões para construção de uma CGH, que representa 31,5% do total, e os 18,5% restantes ficaram destinados para os repasses aos hospitais de Braço do Norte e Rio Fortuna, e projetos sociais com critérios cooperativistas, totalizando R$ 3.277.525.030.  “Queremos aproveitar uma vazão d’água que temos na PCH Capivari para gerar ainda mais energia e, consequentemente, trazer mais benefícios aos associados, conforme já discutido em assembleias anteriores e ainda não executado” explica Valneide sobre a CGH.

Com o término da sessão e a conclusão da assembleia, o saldo não poderia ser mais positivo. “Uma cooperativa de associado para associado, essa sempre foi nossa proposta. Fizemos uma pesquisa para ouvi-lo, e a proposta da nossa diretoria foi baseada no que o próprio associado pediu. Continuamos ajudando os hospitais, mas agora temos a possibilidade de desenvolver novos projetos que tragam benefícios direto  aos cooperados.” finaliza Valneide.

Novos Conselheiros Fiscais são eleitos

Ainda na noite de ontem, os novos Conselheiros Fiscais da Distribuição e da Geração foram eleitos.

CONSELHO FISCAL CERBRANORTE DISTRIBUIÇÃO

Titular:

Juceli Volpato.

Josimar Borges Leandro.

Sirineu Espindola.

Suplente:

Tarcísio Vanderlinde.

Marcelo Meurer Philippi.

Flávio Feldhaus

CONSELHO FISCAL CERBRANORTE GERAÇÃO

Titular:

Carlos Alberto Hamilton Abílio.

Murilo da Rosa Bittencourt.

Jair Peron Tenfen.

Suplente:

Helton Coan Volpato

Gustavo Schlickmann

Sandro de Oliveira Souza Uliano.

Open chat
Entre em contato conosco! =)