site loader
31 de agosto de 2021 Alerta das secretarias de Educação e Saúde para a Síndrome Mão-pé-boca

A Secretaria Municipal de Educação, Deporto e Turismo de Braço do Norte e a Secretaria Municipal de Saúde, através dos departamentos de Vigilância Sanitária e Vigilância Epidemiológica, alertam os pais dos alunos dos CEIs da rede municipal de ensino para que fiquem atentos à incidência da doença Mão-pé-boca.A síndrome é uma doença contagiosa, causada por vírus que habitam o sistema digestivo, causando lesões nas mãos, pés e boca, podendo também provocar estomatites (espécie de afta na mucosa da boca), sendo mais comum em crianças, a doença também acomete adultos.Sinais característicos da doença são: febre, ulcerações dolorosas na boca e uma erupção cutânea, erupção de pequenas bolhas em geral nas palmas das mãos e nas plantas dos pés, mas que pode ocorrer também nas nádegas e na região genital, mal-estar, falta de apetite, vômitos e diarreia, por causa da dor, surgem dificuldade para engolir e muita salivação. É transmitida através do contato direto entre pessoas, saliva, secreções ou então com objetos contaminados.As pessoas contraem a infecção ao entrar em contato com uma pessoa infectada (por exemplo, abraçando um contato pessoal próximo), gotículas disseminadas pelo ar quando uma pessoa infectada tosse ou espirra, fezes, como ao trocar fraldas de uma pessoa infectada, depois, tocar os olhos, o nariz ou a boca antes de lavar as mãos, objetos e superfícies contaminados, as pessoas são mais contagiosas durante a primeira semana da doença, porém, mesmo depois de recuperada, a pessoa pode transmitir o vírus pelas fezes durante aproximadamente quatro semanas.

Recomendações: BOA HIGIENE DAS MÃOS ajuda a prevenir a infecção; lembre-se sempre de lavar as mãos antes e depois de lidar com a criança doente, ou leva lá ao banheiro; evitar o contato muito próximo com o paciente (como abraçar e beijar); cobrir a boca e o nariz ao espirrar ou tossir; não compartilhar mamadeiras, talheres ou copos; lavar superfícies, objetos e brinquedos que possam entrar em contato com secreções e fezes dos indivíduos doentes com água e sabão e, após, desinfetar com solução de água sanitária diluída em água pura (1 colher de sopa de água sanitária diluída em 4 copos de água limpa); afastar as pessoas doentes da escola ou do trabalho até o desaparecimento dos sintomas (geralmente 5 a 7 dias após início dos sintomas).

Open chat
Entre em contato conosco! =)