site loader
31 de maio de 2022 47 pessoas morreram de dengue em Santa Catarina

Com o intervalo de apenas uma semana, o número de focos do mosquito Aedes aegypti no Estado aumentou de 42.546 para 44.368. A quantidade de casos confirmados foi ainda mais crescente durante o período, indo de 42.831 para 50.033. O número de óbitos por conta da doença também aumentou, de 40 para 47, segundo dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive).

Em Tubarão, até o último dia 27, foram registrados dez casos confirmados de dengue, destes, dois casos com sinais de alarme, além de outros 15 aguardando o resultado.

“Nossa preocupação é com o grande número de infestação de mosquitos no Estado e, apesar de ainda não termos números alarmantes em Tubarão, já estamos trabalhando em cima disso para que esse problema não chegue aqui. Entretanto, há a probabilidade do aumento do número de casos”, destaca o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde, Daisson Trevisol.

“No Estado, temos nos alarmado com o grande número de casos, principalmente, no Norte e Oeste, pois a segunda infecção acaba sendo pior que a primeira, normalmente evoluindo para a dengue hemorrágica. A pior fase será no ano que vem, quando surgir uma nova onda de dengue, já que podemos vir a ter problemas sérios com essas pessoas que tiveram contato com a doença pela primeira vez. Por isso, pedimos o apoio de toda população, para evitarmos os focos do mosquito”, ressalta Daisson.

Open chat
Entre em contato conosco! =)