NO AR: Programa Madrugada Stylo
Com: Bena Bena
PEÇA SUA MÚSICA
PARTICIPE AO VIVO (48) 3658-4000

Tempo quaresmal tem início hoje

  • 14 de Fevereiro de 2018 - 06:57:27
  • Texto: A- A+
Tempo quaresmal tem início hoje

Nesta quarta-feira (14), de Cinzas, tem início a Quaresma. Para os católicos, o período é de preparação para a Páscoa. Nesta data, é iniciada a Campanha da Fraternidade, que neste ano traz como tema: ‘Fraternidade e superação da violência’ e o lema ‘Em Cristo somos todos irmãos’ (Mateus 23,8). Nas igrejas da região de Tubarão, várias missas serão celebradas ao longo do dia.

Quem vivencia este período, os 40 dias de jejum compreendem ao tempo do ano litúrgico de preparação para a celebração da Páscoa cristã. O Tempo da Quaresma termina na Quinta-Feira Santa na celebração da última ceia de Jesus Cristo com os seus apóstolos. Durante este período, a Igreja Católica propõe três práticas para os fiéis: a oração, a penitência e a caridade. 

A Quaresma surgiu no século 4. O período de 40 dias é reservado para a reflexão e conversão espiritual. É o tempo em que os católicos se recolhem em oração e penitência para preparar o seu espírito. Em Roma, os fiéis começavam com uma penitência pública o primeiro dia, no qual eram salpicados com cinzas, atualmente, os fiéis são marcados com uma cruz na testa com as cinzas obtidas ao queimar as palmas usadas no Domingo de Ramos do ano anterior.

De acordo com o padre Rafael Uliano, de Tubarão, este é um tempo de maior seriedade, mais oração e mais leitura da palavra de Deus. “Iniciamos a Quaresma pela imposição das cinzas. Não é uma bênção ou um remédio ou perdão para nossos pecados. A cerimônia ensina que somos pó e ao pó vamos voltar. Por isso, durante a vida, temos que sacudir o pó da maldade para que Deus, desse barro, formasse o homem novo, ressuscitado em Cristo. Toda a Quaresma é um tempo propício para a conversão. É um momento de puxar um pouco as rédeas de nossas distrações da vida e de gastar mais tempo com as coisas de Deus”, explica.

No cartaz da campanha, um grupo de pessoas está de mãos dadas, de diferentes idades e etnias, representando a multiplicidade da sociedade. De acordo com o secretário executivo das Campanhas da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), padre Luís Fernando, as pessoas que nele formam um círculo e unem as mãos indicam que a superação da violência só será possível a partir da união de todos. “A violência atinge toda a sociedade brasileira em suas múltiplas esferas, o caminho para superar tal violência é a fraternidade entre as pessoas que se unem para implementar a cultura da paz”, orienta.

Notisul

 


Últimas Notícias

Aeroporto de Jaguaruna com combustível até domingo
Aplicativo permite que cidadão comunique vazamentos e falta de água direto à Casan
CDL apoia greve nacional e comércios da região fecharão amanhã
Procon autua posto de combustíveis por preço abusivo
Ver outras notícias
PARTICIPE AO VIVO (48) 3658-4000
COMERCIAL (48) 3658-2460