NO AR: Programa Madrugada Stylo
Com: Bena Bena
PEÇA SUA MÚSICA
PARTICIPE AO VIVO (48) 3658-4000

São Ludgero comemora 56 anos de emancipação política

  • 12 de Junho de 2018 - 06:42:55
  • Texto: A- A+
São Ludgero comemora 56 anos de emancipação política

Ao comemorar 56 anos hoje, São Ludgero vive um momento especial. Com várias obras em andamento, o município se desenvolve a olhos vistos. Construção da segunda ponte, pavimentação asfáltica de algumas vias públicas e de vias rurais que ligam as comunidades do interior recebem destaque.

Uma das maiores obras, considerada meta da  prefeitura de São Ludgero, foi cumprida este ano e é motivo de comemoração: o município atingiu 100% de esgoto sanitário tratado.

Para o prefeito Ibaneis Lembeck, a ação foi abraçada pela atual gestão, que sempre levou em consideração os trabalhos iniciados por administrações anteriores. “Quando tomamos a decisão ousada de chegar a 100% do tratamento do esgoto doméstico em São Ludgero, projeto abraçado por várias mãos, pensamos na qualidade de vida das pessoas e na responsabilidade com o nosso planeta”, enfatiza o prefeito.

Com um total de 3,2 mil ligações no perímetro urbano, o projeto ultrapassa as 600 instalações do Sistema Individual de Tratamento no meio rural. No perímetro urbano, a coleta e o tratamento do esgoto doméstico já existiam, e o grande desafio para chegar ao percentual de 100% das residências era convencer o Ministério Público a autorizar redes de esgoto nas áreas consideradas irregulares.

Entre os setores da economia que têm se chamado a atenção em São Ludgero, o da indústria plástica é destaque.


Metas estabelecidas

Com as contas em dia, a prefeitura de São Ludgero já tem estabelecidas algumas metas. Uma delas é a elaboração de um plano a longo prazo no aspecto de desenvolvimento, com enfoque na área comercial e turística. Para o prefeito Ibaneis Lembeck, uma meta estabelecida e que proporcionará uma revolução no município é na área de Infraestrutura. A administração está intensificando seus trabalhos em projetos de pavimentação asfáltica das vias públicas nos perímetros urbanos e nas áreas rurais, o que contribuirá para o crescimento e desenvolvimento de toda a cadeia produtiva da cidade, bem como para a qualidade de vida das pessoas.


Religiosidade é marca mais forte

Colonizada por alemães, a cidade recebeu os primeiros colonos em 1870, procedentes da região alemã da Westphalia, que tem como padroeiro São Ludgero, homenageado com a criação do município.

São Ludgero é marcado por uma forte religiosidade, tanto que recebeu o título de “celeiro” de sacerdotes. O nome da cidade surgiu em função de dois padres devotos de São Ludgero que trouxeram sua imagem para a região. Conta-se que São Ludgero foi um guerreiro santo da região de Ultrech, na Alemanha. 

Há, na cidade, um prédio de 1900, construído como Colégio São Ludgero, que hoje  abriga a prefeitura. Idealizado pelo monsenhor Tombrock, lá estudaram, inclusive, homens públicos ilustres.


Emancipação política

A emancipação política do município não foi pacífica. Para que São Ludgero pudesse obter sua independência política, foi necessária a astúcia de seus políticos e moradores, objetivando a anexação de um pedaço de terra da vizinha Orleans. De fato, o pedaço de terra que fez surgir o município foi desligado de Braço do Norte, mas com uma área considerada pequena. Orleans não abria mão de parte de seu território. A emancipação política do município ocorreu em 12 de junho de 1962, com sua instalação acontecendo em 15 de julho do mesmo ano.

Diário do Sul


Últimas Notícias

Tubarão é a 3ª de SC em internamentos relacionados a Gripe A
Idoso é vítima de latrocínio é agredido até a morte
HNSC pretende realizar transplante de rins e se tornar referência na região
SUS incorpora novos tratamentos para doenças raras
Ver outras notícias
PARTICIPE AO VIVO (48) 3658-4000
COMERCIAL (48) 3658-2460