NO AR: Programa Saudade Sertaneja
Com: Tita Tita
PEÇA SUA MÚSICA
PARTICIPE AO VIVO (48) 3658-4000

PSB expulsa prefeito de Chapecó por apoiar Bolsonaro

  • 18 de Setembro de 2018 - 17:47:54
  • Texto: A- A+

Por meio de uma decisão unilateral, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, decretou a expulsão do prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, do partido. O prefeito tem feito declarações sobre apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro, do PSL. Segundo nota da Executiva Nacional do PSB, o partido deliberou em Congresso Nacional que não apoiaria candidaturas “de direita do espectro político-partidário, com destaque para aquela liderada por Jair Bolsonaro”. A decisão ainda precisará ser referendada em Congresso Nacional, mas já tem validade

Buligon é um dos principais apoiadores da candidatura, em Santa Catarina, do candidato a governador Gelson Merísio e estaria de malas prontas para o PSD.

Leia a nota oficial do PSB na íntegra:

PSB ANUNCIA EXPULSÃO DE PREFEITO QUE DECLAROU APOIO A BOLSONARO

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) deliberou, em seu Congresso Nacional, Eleitoral realizado no dia 5 de agosto do corrente ano, que apoiaria candidaturas de centro-esquerda nas eleições presidenciais, uma vez não se apresentaria ao pleito com projeto próprio.

Na mesma oportunidade, o partido definiu que não admitiria em hipótese alguma apoio a candidaturas de direita do espectro político-partidário, com destaque para aquela liderada por Jair Bolsonaro. Cumpre observar que o Congresso Nacional, instância decisória máxima no âmbito do PSB, estabeleceu por meio da Resolução Política ser vetado.

[...] rigorosamente a qualquer membro ou seção partidária, o apoio à candidatura do deputado Jair Bolsonaro [...]  pelo que ela representa de ameaça à democracia e aos direitos humanos.

Neste contexto, a decisão do senhor prefeito de Chapecó, Santa Catarina, Luciano Buligon, de apoiar o candidato do Partido Social Liberal consiste em iniciativa que afronta decisão colegiada máxima do PSB, fato que enseja a expulsão sumária.

Considerados, portanto, a gravidade da situação que se apresenta e a fidelidade histórica do PSB a seus princípios programáticos e político-ideológicos, que não admite nem mesmo a mais remota proximidade com a extrema-direita, procedo à expulsão do Sr. Luciano Buligon, dos quadros do Partido, ad referendum da Comissão Executiva Nacional.

Brasília-DF, 18 de setembro de 2018.

CARLOS SIQUEIRA
Presidente Nacional do Partido Socialista Brasileiro - PSB

Engeplus


Últimas Notícias

Polícia Civil apreende pés de maconha em Orleans
Pagamento do 13º salário injeta R$ 211,2 bilhões na economia
Conferência Municipal debate direitos das crianças e adolescentes
IFSC abre inscrições para o Ensino Médio Técnico
Ver outras notícias
PARTICIPE AO VIVO (48) 3658-4000
COMERCIAL (48) 3658-2460